Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram

Estado assina contrato de concessão com indústria de Cruzeiro do Sul

_________________Publicidade_________________

“Você tem minha eterna gratidão pelos mais de 100 empregos gerados e mais de mil famílias beneficiadas diretamente. O Estado tem que deixar de ser a principal fonte de renda da população”. Esse foi um trecho do discurso do governador Gladson Cameli direcionado à Janaldo Pinheiro, presidente da Coopervale, durante a assinatura do contrato de concessão de uso, em Cruzeiro do Sul, com a NorteHortifruit Indústria Comércio de Frutas Ltda, celebrado entre governo do Estado, por intermédio da Secretaria de Estado de Indústria, Ciência e Tecnologia (Seict).

Gladsson Cameli assinando o contrato de concessão. Foto: Pedro Devani

O evento, realizado num salão da empresa, também contou com a presença do titular da Seict, Anderson Abreu; Flávio Silva, secretário da Casa Civil; deputado Nicolau Jr, presidente da Assembleia Legislativa; Rômulo Grandidier, secretário da Fazenda (Sefaz); Petrônio Antunes, presidente do Deracre; representantes da NorteHortifruiti e prefeitos dos municípios de Cruzeiro do Sul, Mâncio Lima e Rodrigues Alves.

Antes, a comitiva havia visitado as instalações da fábrica, que passou por diversas reformas. Em apenas quatro meses, a parceria estatal criou uma verdadeira revolução na área, que passou de frigorífico inutilizado para uma próspera empresa processadora de frutas, que começou a operar em fevereiro e já conta com 106 empregos diretos com carteira assinada, e promove o desenvolvimento da cadeia produtiva da região do Vale do Juruá , ajudando o pequeno produtor a vender seus produtos para a empresa processadora de frutas durante todo o ano, evitando ainda o desperdício de alimentos.

Cerca de R$2,5 milhões já foram investidos pela iniciativa privada entre construção, benfeitorias e equipamentos, com expectativa de alcançar R$5 milhões até o final de 2021 no imóvel de 2.177,32 m².

Gladson Cameli com colaboradores da empresa. Foto: Pedro Devani

A fala de Cameli no início do texto corresponde ao desejo de sua gestão de estreitar relações com as indústrias, tornando a economia acreana desenvolvida e sustentável. O local, situado nas imediações de Cruzeiro do Sul, foi projetado inicialmente para ser um frigorífico por gestões anteriores à de Cameli, mas sem uso há vários anos, milhões de gastos públicos, estando em estado avançado de deterioração, além de furtos de equipamentos, maquinário e fiação.

“Se tem 100 empregos, nós queremos 1.000; se ajudamos 1.000, queremos ajudar 10, 20 mil. Nenhum governante quer o mal do empresário, muito pelo contrário. Pautas assim eu gosto, de ações positivas, nesse período tão difícil que passamos na pandemia. Aqui (NorteHortifruiti) temos a expectativa de gerar muito mais empregos, fomentando a economia local”, afirmou o governador Gladson Cameli.

A Federação das Indústrias do Acre foi fundamental na articulação do processo de concessão de uso do antigo Frigorifico do Peixe, pois intermediou junto ao Governo do Acre, o repasse do prédio ao empresário Janaldo.

Através do acompanhamento da coordenadora da FIEAC no Juruá Janaina Terças, do Presidente da Federação José Adriano e da sensibilidade do governo do estado, a parceria foi firmada.

José Adriano destaca a União de esforços para que o empreendimento se tornasse realidade. “Nós temos hoje aqui que agradecer essa proposta que foi desenhada em conjunto com o Governo do Estado e a Federação das Indústrias, de reutilização e redefinição se for o caso, de alguns ativos que o governo recebeu e que causava um constrangimento pra gente, por não haver nenhum tipo de atividade lá que pudesse trazer algum tipo de emprego.

Nesse desenho aqui, se passa a dar utilização nesses ativos que estavam parados. De certa forma é uma resposta pra sociedade. Agente tem acompanhado o planejamento do empresário aqui. Estamos apoiando em tudo o que a gente pode em termos de consultoria pra ele. Uma cooperativa dessa daqui traz uma expectativa de postos de trabalho muito grande, além do processamento que pode trazer algumas divisas em termos de produtos que agente pode estar em condições de exportação. Porque nós da Federação também estamos trabalhando a cultura exportadora no estado”.

As frutas utilizadas pela empresa processadora são banana, açaí, buriti e macaxeira, dentre outras, fornecidas à NorteHortifruiti pela Coopervale – associação que representa os produtores -, que realiza em sua moderna fábrica o processamento do produto.

“É desejo do governador Gladson Cameli, desde o início da gestão, a ativação de obras paradas como estava esse frigorífico até poucos meses atrás. Nos chegaram várias propostas, mas a NorteHortifruit foi a que mais nos agradou (governo) pelo montante de investimentos e geração imediata de empregos. A fábrica está linda e equipada, tem tudo para dar certo”, disse o secretário Anderson Abreu.

Governador visitou as instalações da empresa Foto: Pedro Devani.

O presidente da Coopervale, Janaldo Pinheiro, visivelmente emocionado, agradeceu à confiança do governo em seu trabalho e de sua equipe na construção do empreendimento. “Me chamavam de louco por investir nesta indústria, mas persistimos, e desde fevereiro estamos em pleno funcionamento. Serão mais de mil famílias com sustento garantido o ano inteiro e isso já vale todo o trabalho, todo o suor que tivemos. É dignidade para o povo do Vale do Juruá”.

Termos de convênios e cuidados na pandemia

O governador Gladson Cameli aproveitou o evento para assinar termos de convênio para a liberação de recursos emergenciais para limpeza de vias pós-enchentes e ações sanitárias de combate à dengue e malária para os municípios de Rodrigues Alves, Mâncio Lima e Cruzeiro do Sul.

Também aproveitou para fazer um pronunciamento para a população. Recém-recuperado da Covid-19, pediu calma para os acreanos. “Não sou à favor de lockdown, eu mesmo não aguento ficar em casa, mas sou à favor da vida em primeiro lugar. Essa doença é terrível, não vejo a hora disso acabar. Quem puder, fique em casa”.

Compartilhe:

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram
Redação Juruá Online

Redação Juruá Online

Notícias Relacionadas