8 de agosto de 2022   |   04:42  |  

booked.net

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram

Escolas vão informar ao MP e Conselho Tutelar nomes de pais que não autorizarem vacinação dos filhos em Cruzeiro do Sul

Saúde Municipal tenta aumentar a cobertura vacinal entre crianças de 5 a 11 anos. Nessa segunda-feira (1º), alunos da Escola São José foram atendidos pelos vacinadores. Do total de 12 mil crianças, apenas 4 mil tinham tomado a vacina antes da ação.

_________________Publicidade_________________

As equipes de saúde de Cruzeiro do Sul iniciaram uma busca ativa nas escolas para tentar aumentar a cobertura vacinal contra a Covid-19 em crianças de 5 a 11 anos. É que a pasta imunizou, antes da ação, 33% do público-alvo. Os diretores de escolas foram orientados a informar os nomes dos pais ou responsáveis que não autorizarem a vacinação dos pequenos ao MP e Conselho Tutelar.

Das 12 mil crianças que devem ser vacinadas, a Saúde Municipal imunizou apenas 4 mil. Nessa segunda-feira (1º), os vacinadores estiveram na Escola São José para atender o público infantil.

Devido ao baixo número de imunizados, as equipes foram para as escolas buscar esse público. “Então, os gestores passaram o cronograma e, a partir daí, já estamos fazendo essa vacinação in loco”, explicou a secretária de saúde, Valéria Lima.

Apesar da estratégia para alcançar esse público, as equipes ainda enfrentam resistência dos pais dos alunos em autorizar a vacinação.

A estudante Iasmin Lima, de 14 anos, foi uma das alunas do Colégio São José que aproveitaram a oportunidade para se imunizar. Para isso, os pais de Iasmin tiveram que autorizar a imunização.

“Quando eu descobri que ia ter vacinação aqui na escola, resolvi tomar aqui para poder me prevenir porque está dando muitos casos”, destacou.

Com Informações G1

Compartilhe:

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram

LEIA MAIS