Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram

Escolas indígenas de Feijó recebem uniformes escolares do governo

_________________Publicidade_________________

O governo do Estado, por meio da Secretaria de Educação, Cultura e Esportes (SEE) dá continuidade à distribuição de uniformes escolares da rede pública. Agora, os contemplados são os mais de 1,1 mil alunos das escolas indígenas localizadas no município de Feijó.

Na escola Huni Kui Siã, localizada na Aldeia Paroá, no baixo rio Envira, 194 alunos, desde o pré-escolar até o nono ano do ensino fundamental, receberam os uniformes escolares doados pelo governo do Estado.

Mais de mil estudantes indígenas já receberam uniformes do governo, em Feijó. Foto: Cedida/Núcleo da SEE

Ao todo, foram entregues, até agora, 1.146 uniformes aos estudantes das escolas indígenas, das mais diversas aldeias e etnias. Entre as escolas contempladas estão a Alto Bonito, a Benjamin Kampa, a Sete Voltas, a Huni Kui Nia Ibu Isaka, a Txana Huni Keneya, a Txana Tuwe, Bena Isaka e a Yube Tue Bena Keneya.

A distribuição dos uniformes escolares irá acontecer, ainda, aos estudantes das escolas Shanenawa, como a Teyu, a Tekahaine, a Shetehu, a Pekuruni, a Keshuani, a Sayavani. As etnias Shanenawa, Huni Kui e Madua e Ashaninka estão contempladas com a política do governo.

De acordo com o coordenador do núcleo da SEE em Feijó, Everly Damasceno do Nascimento, nos últimos dois meses já foram entregues mais de mil fardas para os estudantes indígenas das três etnias que residem no município.

Alunos beneficiados são de três etnias diferentes. Foto: Cedida/Núcleo da SEE

“É a primeira vez que as escolas indígenas estão recebendo fardas para os alunos e durante as entregas a gente tem visto a alegria e a gratidão não somente dos alunos, mas também que as famílias tem tido”, afirmou o coordenador.

Além da farda aos estudantes, a SEE também realiza a entrega de computadores às escolas indígenas. Até o dia 20 de dezembro, mais duas escolas estarão sendo contempladas com os equipamentos.

“Para se ter uma ideia, temos mais de 2 mil alunos somente de escolas indígenas e é um público que o governo do Estado, por meio do governador Gladson Cameli, tem tido um olhar bastante interessante para trazer um ensino de qualidade para todos esses alunos”, disse.

Por SECOM

Compartilhe:

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram
Redação Juruá Online

Redação Juruá Online

Notícias Relacionadas