Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram

ES: Mulher em estado vegetativo há 20 anos pode ser criança desaparecida em 1976

_________________Publicidade_________________

Hospital da Polícia Militar de Vitória, no Espírito Santo, abriga mulher que pode ter sumido há 45 anos

Conhecida como Clarinha, uma mulher na casa dos 40 anos de idade encontra-se internada em coma no Hospital da Polícia Militar de Vitória, no Espírito Santo, há 20 anos. Sua entrada na unidade ocorreu em 2000, após ser vítima de um atropelamento por um ônibus. Mas agora, uma equipe do  Ministério Público do Espírito Santo (MP-ES) investiga uma suposta ligação entre Clarinha e um caso de uma criança desaparecida em 1976, na cidade de Guarapari.

Papiloscopistas da Força Nacional de Segurança Pública iniciaram, em 2020, uma tentativa de identificar quem seria a mulher. Através de buscas e evidências, a equipe traçou semelhanças entre a paciente em estado vegetativo e uma criança de 1 ano e 9 meses que foi dada como desaparecida 45 anos atrás.Continua após a publicidade

Conhecida como Clarinha, uma mulher na casa dos 40 anos de idade encontra-se internada em coma no Hospital da Polícia Militar de Vitória, no Espírito Santo, há 20 anos. Sua entrada na unidade ocorreu em 2000, após ser vítima de um atropelamento por um ônibus. Mas agora, uma equipe do Ministério Público do Espírito Santo (MP-ES) investiga uma suposta ligação entre Clarinha e um caso de uma criança desaparecida em 1976, na cidade de Guarapari.

Papiloscopistas da Força Nacional de Segurança Pública iniciaram, em 2020, uma tentativa de identificar quem seria a mulher. Através de buscas e evidências, a equipe traçou semelhanças entre a paciente em estado vegetativo e uma criança de 1 ano e 9 meses que foi dada como desaparecida 45 anos atrás.

Por IG

Compartilhe:

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram
Redação Juruá Online

Redação Juruá Online

Notícias Relacionadas