Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram

Eriksen é operado com sucesso e deve receber alta nesta sexta, diz jornal

_________________Publicidade_________________

Meia implanta cardiodesfibrilador interno (CDI) no coração e deve ir para sua casa, na Dinamarca. Atacante Braithwaite diz que jogador mandou mensagem após jogo contra a Bélgica

A cirurgia para implantação do cardiodesfibrilador interno (CDI) no coração do meia Eriksen foi realizada com sucesso nesta quinta-feira, segundo divulgou o jornal italiano “Gazzetta dello Sport”. A expectativa é que o jogador tenha alta nesta sexta-feira e vá para sua casa na Dinamarca.

O camisa 10 dinamarquês da Inter de Milão está internado desde o último sábado no hospital Rigshospitalet, em Copenhague. O procedimento pelo qual Eriksen passou é considerado rotineiro na medicina. O aparelho introduzido controla a arritmia cardíaca.

O motivo para o mal súbito de Eriksen não foi divulgado, mas a introdução do cardiodesfibrilador indica que a causa foi uma miocardite, uma inflamação no músculo do coração. Segundo a “Gazzetta dello Sport”, os médicos dinamarqueses ouviram especialistas internacionais e optaram pela cirurgia em vez do tratamento apenas com medicamentos.

Registro de Eriksen no hospital em Copenhague, em post publicado na última terça-feira — Foto: Reprodução/Instagram

Registro de Eriksen no hospital em Copenhague, em post publicado na última terça-feira — Foto: Reprodução/Instagram

O futuro do meia, de 29 anos, ainda é incerto. Há o registro de atletas que voltem a atuar profissionalmente com aparelhos semelhantes ao implantado por Eriksen, como é o caso do holandês Daley Blind, do Ajax.

No entanto, a legislação italiana não dá essa permissão, e o dinamarquês não poderá jogar na Inter de Milão, caso fique com o CDI permanentemente. Em alguns países, a liberação se dá mediante um termo de responsabilidade assinado pelo jogador.

Nesta quinta-feira, a Dinamarca perdeu para a Bélgica por 2 a 1 no estádio Parken, em Copenhague, em partida marcada por várias homenagens a Eriksen. Além de cartazes e mensagens da torcida, os jogadores em campo pararam aos 10 minutos do primeiro tempo e lembraram do meia.

Por GE

Compartilhe:

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram
Redação Juruá Online

Redação Juruá Online

Notícias Relacionadas