Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram

Envolvidos em roubo de gado vão responder por associação criminosa, furto e falsificação

_________________Publicidade_________________

A Polícia Civil anunciou que os quatro envolvidos no roubo de gado realizado em uma propriedade rural em um ramal da Transacreana vão ser denunciados ao Judiciário. O delegado responsável pelo caso, Judson Barros, afirmou que o quarteto será indiciado por associação criminosa, furto de gado, falsificação e uso de documento falso.

O delegado conta que já está com o relatório pronto para se encaminhado ao judiciário. “Importante darmos um resposta à sociedade onde furto de gado tem virado uma infeliz rotina na Transacreana, acontecendo de dia e noite. Estamos atentos para combater esse tipo de crime”, afirma o delegado.

Entenda o caso

No último dia 26, Polícia Civil por meio da Delegacia da 1ª Regional de Polícia Civil, recuperou e restituiu à vítima 11 (onze) cabeças de gado que teriam sido furtadas do Ramal do Otacílio na Transacreana. Os animais furtados e devolvidos totalizavam um valor de aproximadamente R$ 44.000,00 (quarenta e quatro mil reais).

O crime ocorreu no dia 20 do mês passado, quando os criminosos teriam entrado em uma propriedade rural da vítima e, com a ajuda de um caminhão boiadeiro, levado as 11 (onze) cabeças de gado; sendo vacas avaliadas em R$ 4.000,00 (quatro mil reais) cada.

Os animais foram levados para o Ramal do Mutum, km 2, terra de arrendamento de um dos suspeitos.

Ac 24 horas

Compartilhe:

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram
Redação Juruá Online

Redação Juruá Online

Notícias Relacionadas