Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram

Entenda como será a distribuição das doses da Pfizer que chegam na quinta (29)

Logística de armazenamento faz com que primeiro lote de 1 milhão de vacinas fique estocado apenas nas capitais

_________________Publicidade_________________

O Ministério da Saúde prevê que um milhão de doses da vacina contra Covid-19, desenvolvida pela Pfizer/BioNTech, cheguem ao Brasil na próxima quinta-feira (29).

Esse primeiro lote será distribuído somente nas capitais por uma questão de complicação logística, uma vez que o imunizante precisa ser armazenado a 20º C negativos. Segundo a pasta, liderada por Marcelo Queiroga, somente as capitais federais teriam condições de garantir a estocagem segura da vacina neste momento.

No dia seguinte à chegada das vacinas, na sexta-feira (30), o governo federal já começará a entrega as doses aos governadores. Ao longo de toda a semana, mais 650 mil doses do imunizante serão enviadas ao Brasil. No mês de maio, o acordo é de 2,5 milhões doses e até o final de junho, 15 milhões de vacinas Pfizer/BioNTech deverão ter sido entregues. O contrato de 100 milhões de doses será cumprido no segundo semestre de 2021. O ministério já negocia novas remessas para 2022.

As geladeiras do Sistema Único de Saúde (SUS), espalhadas por todo o país – incluindo cidades de pequeno porte -, comportam um armazenamento entre 2 a 8º C positivos. As capitais, no entanto, receberam um reforço de geladeiras e conseguirão armazenar entre 15 e 25º C negativos por até quatorze dias, cumprindo a recomendação do laboratório.

A previsão é que em junho, mais superfreezers comecem a chegar em outras partes do país. O Ministério da Saúde já fez a compra de 183 ultracongeladores, mas 30 deles só vão estar disponíveis para uso no meio do ano. Deste modo, até junho de 2021, a vacinação com o imunizante da Pfizer/BioNTech só acontecerá nas capitais. 

Via-CNN

Compartilhe:

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram
Redação Juruá Online

Redação Juruá Online

Notícias Relacionadas