14 de agosto de 2022   |   05:35  |  

booked.net

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram

Energia furtada poderia abastecer Cruzeiro do Sul por 45 dias

Nos primeiros seis meses de 2022, a Energisa identificou 6,2 mil irregularidades no Acre.

_________________Publicidade_________________

Nos primeiros seis meses de 2022, a Energisa identificou 6,2 mil irregularidades no Acre. Se comparado ao ano passado, esse número representa um aumento de 7%. Essa quantidade de energia furtada seria suficiente para abastecer o município de Cruzeiro do Sul por um período de 45 dias.

O combate às fraudes e furtos de energia é uma das prioridades da Distribuidora para manter a qualidade no fornecimento. Por isso, a empresa segue realizando inspeções para coibir as irregularidades e conscientizar a população. Além disso, as inspeções também são realizadas a partir de análises de perfil de consumo e denúncias.

A Distribuidora reforçou ações este ano que resultaram em 23,3 mil unidades inspecionadas, além de 7,5 mil ações de regularização, blindagens e adequações.

“Realizar ligação clandestina é uma prática em que todo mundo sai perdendo. O famoso ‘gato’, além de crime, gera prejuízos a toda a sociedade. Além disso, isso sobrecarrega a rede elétrica e pode provocar acidentes. Empregamos tecnologia de ponta e ações coordenadas no combate ao furto. Precisamos combater o furto e a população tem um papel fundamental nisso, denunciando esses crimes”, afirma o gerente do Departamento de Combate a Perdas da Energisa Acre, Andre Klein.

Quem realiza ligação clandestina de energia, além de cometer crime previsto no Código Penal Brasileiro, coloca em risco a própria vida e a de vizinhos. A identidade de quem denuncia é mantida em total anonimato.

Com informações da assessoria da Energisa.

Compartilhe:

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram

LEIA MAIS