Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram

Encravada no vale do Iaco, Sena Madureira celebra neste sábado 117 anos de fundação; conheça história

_________________Publicidade_________________

Com uma população estimada pelo IBGE em 47.168 moradores, Sena Madureira está em festa. Neste sábado (25), a cidade celebra 117 anos de fundação.

Encravada no vale do Iaco, Sena Madureira foi fundada no dia 25 de setembro de 1904, pelo General José Siqueira de Menezes – um herói da guerra de canudos que foi designado para essas terras pelo Governo Federal. Seu nome homenageia o coronel do Exército Brasileiro Antônio Senna Madureira, militar que participou da guerra do Paraguai e por quem Siqueira de Menezes nutria profundo respeito e admiração.

Marco de fundação da cidade, ao lado da antiga Escola Siqueira de Menezes. Foto: Edinaldo Souza/ContilNet

De acordo com Marcos Sampaio, Professor e estudioso da História de Sena, Siqueira de Menezes saiu de Manaus com esse destino no mês de junho de 1904 e enfrentou diversas dificuldades pelo rio Purus. “A viagem até aqui foi uma verdadeira epopéia. Siqueira de Menezes trouxe consigo as forças militares e alguns civis. Foi uma viagem sem incidentes, porém, com muitas dificuldades dadas às condições do rio”, relembrou.

No dia 24 de setembro, segundo reza a história, 50 trabalhadores começaram a limpeza nas terras do então seringal Santa Fé e o levantamento de um tapiri de 5 metros quadrados para a cerimônia de fundação. Esse Tapiri foi justamente onde funcionou a primeira Prefeitura de Sena Madureira. A cerimônia oficial do dia 25 contou com cerca de 200 pessoas.

Com o passar dos anos, Sena Madureira foi ganhando destaque entre os demais municípios, sendo, inclusive, sede do Tribunal de Apelação bem como a capital do Departamento do Alto Purus. Além do Iaco, a cidade também é agraciada com os rios Purus, Caeté e Macauã – e vários ramais. Grande parte de sua população reside na zona rural.

Uma das principais vias de Sena Madureira. Foto: Edinaldo Souza/ContilNet

Sua formação populacional sofreu grande influência de pessoas vindas de outras regiões do Brasil, especialmente do Nordeste. Atraídos, à época, pela produção da borracha e fugindo de uma seca que teimava em não terminar, muitos cearenses se estabeleceram em terras de Sena Madureira, deixando por aqui seus descendentes.

Um deles é o senhor Joaquim Ferreira de Araújo, 78 anos de idade. Natural de Itapiúna (CE), chegou em Sena com 23 anos de idade e está há mais de 50 anos sem ver seus familiares. “Apesar desse distanciamento dos meus familiares, me sinto feliz em morar em Sena Madureira. É uma cidade bastante acolhedora”, comentou.

Seu Joaquim veio jovem para Sena Madureira. Foto: Edinaldo Souza/ContilNet

Já o pastor Celso Gregório de Lima é natural do Estado de Minas Gerais e mora há exatamente 31 anos no vale do Iaco. “Eu amo essa Terra e o seu povo. Volto para Minas Gerais somente pra passear”, declarou.

Pastor Celso é natural de MG. Foto: Edinaldo Souza/ContilNet

“Eu amo Sena Madureira e meu maior sonho é ver a ponte do Segundo Distrito construída”, diz moradora

Morando praticamente a vida toda no Bairro São Francisco, Segundo Distrito, a dona de casa Raimunda Muniz diz estar feliz em poder contemplar mais um ano de sua cidade. Ela também ressalta que há anos vem alimentando um sonho: A construção de uma ponte sobre o rio Iaco, ligando o primeiro ao Segundo Distrito. “O que posso dizer é que, apesar das dificuldades, amo o meu município. O nosso Bairro é centenário. Meu sonho é ver essa ponte do Segundo Distrito construída para nos tirar do isolamento. Aqui, a gente sofre muito porque todos os dias tem que subir e descer porto, mas estamos confiantes no Governador Gladson Cameli e se Deus quiser o nosso sonho será concretizado”, mencionou.

Dona Raimunda sonha com a construção da nova ponte. Foto: Edinaldo Souza/ContilNet

Nesta sexta-feira (24), o governador Gladson Cameli abriu a Licitação para a construção da referida ponte cujo valor total orbita em 36 milhões de reais.

Via-Contilnet

Compartilhe:

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram
Redação Juruá Online

Redação Juruá Online

Notícias Relacionadas