Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram

Em um dia, bombeiros atendem 58 ocorrências de incêndio em áreas de vegetações de Rio Branco

Entre as ocorrências, uma registrada na Estrada do Calafate assustou moradores e motoristas que passavam no local na noite dessa sexta-feira (6).

_________________Publicidade_________________

Apenas nessa sexta-feira (6), o Corpo de Bombeiros do Acre atendeu 58 ocorrências de incêndio em áreas de vegetações de Rio Branco. Em uma dessas ocorrências, o fogo atingiu uma grande área de mata na Estrada do Calafate.

Motoristas que passavam no local e moradores de regiões próximas gravaram imagens do trabalho dos bombeiros. Houve registro de incêndio também próximo ao 14 Batalhão de Infantaria e Selva do Exército Brasileiro (14 BIS), no Segundo Distrito da capital.

Em todo estado acreano foram atendidas 68 ocorrências desse tipo somente nesta sexta.

“Esse da Estrada do Calafate causou grande repercussão, a guarnição esteve no local. Em algumas situações como essa, quando o fogo está muito extenso, a guarnição prioriza os bens mais vulneráveis, como residências. Fazemos uma verificação para saber se tem algum bem que precisa de proteção imediato e depois vamos para o combate imediato”, explicou o tenente Francisco Carlos de Freitas.

Nessa ocorrência em específico, o tenente falou que foram utilizados mais de 500 litros de água e foram usados também abafadores. As equipes levaram cerca de uma hora para controlar a situação.

“Já fizemos ações de fiscalizações, foi feita a retirada de muito entulho, mas, mesmo assim, infelizmente, algumas pessoas tendem a continuar com esse tipo de prática”, destacou.

Incêndio na Estrada do Calafate mobilizou bombeiros na noite dessa sexta-feira (6) — Foto: Reprodução

Incêndio na Estrada do Calafate mobilizou bombeiros na noite dessa sexta-feira (6) — Foto: Reprodução

Registros até agosto

Ainda segundo dados do Corpo de Bombeiros, foram recebidas até o início de agosto 1.788 ocorrências de incêndios urbanos em Rio Branco. Desse total, cerca de 94% foram atendidas entre o final do mês de junho e início desse mês.

Em 2020, o número total de registros até o início do mês de agosto foi de 2.645. “Existe uma predominância significativa dessas ocorrências a partir do mês de julho, no período de estiagem. As questões atmosféricas não favorecem esse tipo de fogo antes do mês de maio, porque ainda tem chuvas, o frio, mas, depois de julho já tem muitas ocorrências assim”, concluiu.

Dados Acre

Dados do relatório da sala de situação de monitoramento hidrometeorológico do Acre mostram que já foram registrados no estado 875 focos de incêndio. Apenas entre o dia 1º e 4 de agosto foram registrados 347 focos.

As cidades de Feijó e Tarauacá acumulam o maior número de queimadas. Já Rio Branco, Brasileia, , Bujari, Acrelândia, Rodrigues Alves e Porto Acre têm o maior número de foco por quilômetro quadrado.

Por G1

Compartilhe:

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram
Redação Juruá Online

Redação Juruá Online

Notícias Relacionadas