Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram

“Em qualquer luta pela democracia, ali estamos”, diz presidente da OAB/AC no Dia do Advogado

_________________Publicidade_________________

Nesta quarta-feira (11), data em que se comemora o dia do profissional da advocacia, o ContilNet entrevistou o presidente da Ordem dos Advogados do Brasil no Acre (OAB/AC), Erick Venâncio, para falar sobre as conquistas e desafios enfrentados pela classe em todo o país, especialmente no Estado.

“Em qualquer lugar que exista luta pelo fortalecimento da democracia, ali está o profissional da advocacia”, destacou Venâncio.

Ao final da entrevista, o presidente da OAB deixou uma “mensagem de esperança” aos pares.

Erick Venâncio, presidente da OAB no Acre/Foto: Reprodução

Confira a entrevista na íntegra:

ContilNet – Hoje é só uma data comemorativa? Tem reivindicação por parte da classe? O que existe de mais representativo nesse dia?

Erick – Na realidade, ela serve para reflexão, para que possamos analisar a advocacia que temos e a que queremos. É claro que os desafios são constantes e contínuos, mas creio que avançamos muito. É só fazer um recorte histórico do que éramos há alguns anos e do que somos hoje. Identificamos muitos avanços e conquistas. É claro que temos muitos problemas a enfrentar, e fazemos isso todos os dias. O importante é não esmorecer diante de tudo isso que temos pela frente, buscando melhores formas de equacionar todas essas situações.

ContilNet – Quais os principais desafios que a advocacia acreana enfrenta nos dias atuais?

Erick – Temos muitos desafios. Uma quantidade imensa de advogados em um mercado de trabalho extremamente saturado, e precisamos buscar alternativas. A que temos buscado é cada vez mais lutar pela valorização do profissional, no trabalho que executa diariamente, fazendo melhorias como a central de alvarás, de prazos processuais, escritório compartilhado, trabalhando a gestão de escritórios de advocacia e outras atividades importantes.

ContilNet – Considera que a sociedade civil já entendeu o papel do advogado e a sua importância?

Erick – Eu acho que precisamos avançar muito nesse aspecto. Não é à toa que nessa semana lançamos a campanha de valorização da advocacia. Precisamos mostrar a importância não apenas da instituição, do ponto de vista democrático e do fortalecimento da República, mas também temos que chamar a atenção para o fato de que não se pode confundir o advogado com o cliente que pratica o crime, desvalorizar e depreciar o trabalho dos profissionais quanto à cobrança de honorários advocatícios. Não podemos tolerar a violação de prerrogativas profissionais da advocacia que, infelizmente, algumas autoridades ainda violam. Além de tudo isso, precisamos conscientizar a população em geral sobre a importância do advogado.

Erick Venâncio e Gladson Cameli tratam sobre advocacia dativa em reunião na OAB/AC. Foto: Reprodução

ContilNet – Nesse momento específico de polarização e de ataque aos direitos fundamentais, qual o papel principal do advogado?

Erick – Você sabe que a advocacia e a OAB têm um papel duplo: uma atuação primordial no serviço que prestamos aos nossos clientes e também um relevante papel no sentido da defesa da democracia e das liberdades individuais. A instituição tem atuado muito nessa dimensão externa. Uma exemplo disso é: nossa instituição, a partir das comissões competentes, tem feito um amplo trabalho de inspeção dentro das unidades penitenciárias do Estado, não apenas para compreender as necessidades das pessoas encarceradas, mas também dos profissionais que ali atuam. É extremamente importante para a sociedade que a gente tenha um sistema prisional que não segrega, mas que devolva à sociedade pessoas melhores do que ali entraram. Em qualquer lugar que exista luta pelo fortalecimento da democracia, ali está o profissional da advocacia, como sempre esteve ao longo da história.

“Mensagem de Esperança”

Erick – Deixo aos meus colegas uma mensagem de esperança: os desafios são muitos, mas a gente só enfrenta cada um deles com muito trabalho. Não adianta ficar com palavras, bobagens em redes sociais. O que precisamos, efetivamente, é de trabalho e disciplina para vencermos os desafios.

Via – Contilnet

Compartilhe:

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram
Redação Juruá Online

Redação Juruá Online

Notícias Relacionadas