22 de maio de 2022   |   13:06  |  

booked.net

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram

Em Cruzeiro do Sul, adolescente doa cofre com dinheiro que juntou por 2 anos para ajudar na cirurgia de tia

_________________Publicidade_________________

O menino Everton, doou R$ 300 para a tia. O garoto de 13 anos, morador do município de Cruzeiro do Sul, emocionou a família, depois que doou todo o dinheiro que tinha economizado nos últimos dois anos, para ajudar na cirurgia de uma tia. Doação ocorreu na última semana, quando entregou uma latinha de batatas que usava como cofre.

Estudante do 8º ano do ensino fundamental e apreciador de esportes, Everton Ribeiro Filho tinha R$ 300 no cofre e não pensou duas vezes em fazer a doação para a tia Meire Farias, de 39 anos, que tem um refluxo na veia de safena que causa muitas dores e, por isso, precisa passar pela cirurgia, que só é feita da rede particular no município, onde mora.

“Ela tem que fazer a cirurgia muito cara. O pai estava conversando no carro e ouvi a conversa, então, lembrei que tinha juntado dinheiro por dois anos, juntei R$ 300. Deus tocou no meu coração e quis doar”, contou Filho ao ficar comovido.

Com a doação feita à tia, ele planeja agora comprar um novo cofre para iniciar a coleta das economias novamente. Além disso, ele afirma que ora para que a tia consiga se recuperar o quanto antes.

“Nem sabia o que ia fazer ainda [com o dinheiro]. Me sinto feliz por ter ajudado a minha tia. Quando cheguei lá, ela ficou muito alegre e eu fico muito feliz por isso e estou orando muito para que ela consiga logo voltar ao normal”, acrescentou.

Quando decidiu fazer a doação, o adolescente emocionou e recebeu o apoio da família para concluir o gesto, segundo contou orgulhoso o pai, Everton Ribeiro.

“Ele disse que Deus tocou no coração dele. Até de contar, fico arrepiado, fiquei emocionado porque é raro. Ele tinha R$ 300 em moedas de R$1. Falei que estava orgulhoso dele e dei os parabéns”, contou o pai.

Everto Filho não pensou duas vezes e fez a doação das economias de dois anos — Foto: Arquivo pessoal

Everto Filho não pensou duas vezes e fez a doação das economias de dois anos — Foto: Arquivo pessoal

‘Emocionada’

Quem recebeu a doação foi a professora Meire Farias, que está com um refluxo na perna e precisa custear cirurgia que custa em torno de R$ 5,5 mil. Até esta quarta-feira (6), ela já conseguiu arrecadar pelo menos metade desse valor, com a ajuda do sobrinho e de várias outras pessoas que têm feito doações.

“Desde fevereiro do ano passado, fiquei sentindo uma dor na minha perna esquerda e achei estranho porque não passava com nenhum tipo de analgésico e fui levando. Agora em 2022, falei à doutora que sentia essa dor e teve a suspeita de trombose, fizemos ultrassonografia, mas não deu trombose. Foi esse refluxo na perna que é insuficiência venosa da veia safena. E faz com que o sangue fique apenas na minha perna e, por isso, sinto muita dor. O médico disse que pode agravar para uma trombose. Porque como o sangue não está circulando direito, pode dar uma trombose ou insuficiência venosa”, contou.

A professora disse que tem que retirar a veia, já que não existe medicamento que possa tratar o problema, apenas a cirurgia e com o tempo podem surgir úlceras, inchaço e agravar quadro dela.

Como a cirurgia é feita por meio do SUS apenas na capita acreana e poderia levar um certo tempo para conseguir fazer o procedimento, foi quando familiares e amigos decidiram iniciar uma vaquinha para que Meire consiga fazer a intervenção cirúrgica particular, foi quando o Everton Filho ouviu sobre a mobilização e decidiu ajudar.

Cirurgia deve ocorrer no dia 12 de abril — Foto: Arquivo pessoal

Cirurgia deve ocorrer no dia 12 de abril — Foto: Arquivo pessoal

“O Evertinho ficou sabendo que estava com esse problema e sensibilizou com o meu caso e veio aqui em casa com o pai dele e disse: ‘tia, tenho uma coisa para te dizer, estou juntando um dinheiro no meu cofrinho e vou doar todo para a senhora.’ Fiquei muito emocionada de saber que ele uma criança decidiu doar todo seu dinheiro que estava juntando. Perguntei se não ia fazer falta? E ele disse que não ia. Não sei para o que ele estava juntando, mas sei que foi muito linda a atitude dele de ser ainda uma criança e se sensibilizar, ter um coração enorme. A gente fica com esperança no futuro”, concluiu..

A cirurgia da professora está marcada para o próximo dia 12 de abril.

Compartilhe:

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram

LEIA MAIS