Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram

Em bairros afetados pela enchente em Sena, Gladson acompanha mutirão de limpeza e garante mais ajuda ao município

Na primeira visita pós-enchente a Sena Madureira, o governador visitou um dos bairros mais afetados pela recente alagação.

Na tarde desta quinta-feira, 11, acompanhado da primeira-dama Ana Paula Cameli e das secretárias Ana Paula Lima, da Ação Social, e Silvânia Pinheiro, da Comunicação, do deputado estadual Gherlen Diniz, além do presidente do Departamento de Estradas de Rodagem (Deracre), Petrônio Antunes, o governador Gladson Cameli foi verificar o trabalho de retirada de entulhos e limpeza de ruas, executado pelo Deracre, por meio da Operação Apoio.

Para Sena Madureira, o Estado destinou R$ 250 mil, porém, segundo Cameli, o investimento total deve atingir os R$ 900 mil. “Aqui serão 30 dias de operação. Estamos com quatro equipes e 12 máquinas empenhadas em aliviar o sofrimento deixado pela cheia”, disse.

Além do serviço de limpeza, por meio de parceria com o Sistema Fecomércio/Sesc/Senac houve ainda a distribuição de cestas básicas, fardos de água mineral e kits de limpeza. O objetivo é minimizar o sofrimento das famílias atingidas pelas enchentes que assolaram o município.

Além do serviço de limpeza, por meio de parceria com o Sistema Fecomércio/Sesc/Senac houve ainda a distribuição de cestas básicas, fardos de água mineral e kits de limpeza Fotos: Diego Gurgel/Secom

Logo na chegada ao bairro, o governador Gladson foi recebido pelo prefeito Mazinho Serafim, que foi agradecer pelo apoio do Estado. “A gente precisa é se unir para ajudar o povo. Eu agradeço de público a ajuda que o senhor vem dando ao nosso município, governador. Mandou as máquinas, agora é hora de dar as mãos. Toda ajuda é bem-vinda e eu agradeço de coração”, afirmou.

presidente da Associação de Moradores, Eliane Silva, asseverou que a ajuda que tem sido disponibilizada é muito importante para as famílias Fotos: Diego Gurgel/Secom

No bairro Vitória moram cerca de 600 famílias, e a área ficou completamente debaixo d’água. A presidente da Associação de Moradores, Eliane Silva, asseverou que a ajuda que tem sido disponibilizada é muito importante para as famílias: “Agradeço pelo apoio, pois nossa comunidade é de baixa renda e representa muito o que o governo tem feito por nós”.

O governador fez a entrega simbólica de cestas alimentícias e garantiu ao prefeito e aos moradores que o Estado irá destinar mais recursos para recuperar áreas destruídas pelas águas.

“Ou a gente se une ou fica tudo mais difícil. Não podemos é perder tempo. Eu não vim aqui medir forças, eu vim estender a mão para resolver. Podem ficar certos que o governo não vai abandonar a cidade neste momento tão delicado”, garantiu.

Mais de 15 toneladas de alimentos

As famílias atingidas pela cheia em Sena Madureira já receberam 1.050 cestas de alimentos, repassadas pela Secretaria de Ação Social, Direitos Humanos e Políticas para as Mulheres (SEASDHM). Foram mais de 15 toneladas entregues para famílias nas zonas urbana e rural, além de kits de limpeza, sabonetes, álcool em gel e máscaras.

“Estamos completando mais uma etapa, ampliando a cobertura e alcançando mais famílias. Nossas ações chegaram a todos os abrigos e a todos os bairros afetados pela enchente”, relata a titular da SEASDHM, Ana Paula Lima.

A primeira-dama Ana Paula Cameli fez uma espécie de prestação de contas das ações de seu gabinete e anunciou, para a próxima semana, a entrega de cem colchões e cem travesseiros. Ela também confirmou a destinação de mais 400 cestas alimentícias para famílias que residem às margens dos rios Iaco e Caeté.

“Todas as demandas que chegaram até nosso gabinete foram atendidas. A gente sabe do sofrimento que uma alagação causa e a situação não acaba quando a água vai embora. A população de Sena Madureira sempre teve e terá nosso apoio”, disse.

Na próxima semana serão entregues no município de Sena Madureira 100 colchões e 100 travesseiros.

Compartilhe:

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram
Redação Juruá Online

Redação Juruá Online

Notícias Relacionadas