17 de maio de 2022   |   19:43  |  

booked.net

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram

Dormir emagrece? Saiba como o sono de qualidade está relacionado à perda de peso

Um estudo realizado nos Estados Unidos mostrou que dormir pelo menos sete horas por noite diminui a ingestão diária de calorias

_________________Publicidade_________________

Dormir mal ou durante uma quantidade insuficiente de horas pode estimular o apetite e aumentar o desejo de alimentos calóricos, o que favorece um quadro de obesidade. E o contrário? Um estudo realizado por pesquisadores da Universidade de Chicago, nos Estados Unidos, sugere que melhorar a qualidade do sono pode ajudar a emagrecer. 

A pesquisa, financiada pelo NIH (Institutos Nacionais de Saúde, na tradução do inglês), acompanhou 80 adultos, com idade entre 21 e 40 anos, em um ensaio clínico randomizado de extensão do sono em ambientes do mundo real.

Todos os participantes estavam acima do peso e dormiam, em média, seis horas e meia por noite – o recomendado para adultos é de, pelo menos, sete horas de sono.

Os hábitos de sono dos pacientes foram monitorados em casa, assim como o peso e a composição corporal de cada um deles. Não houve alteração das rotinas de sono durante as primeiras semanas do estudo.

No 15º dia, os participantes foram divididos em dois grupos, um que manteria os hábitos e o outro que receberia orientações para uma boa higiene do sono, como definir horários para dormir e acordar, além de reduzir o tempo de tela antes de ir para a cama.

Durante as duas semanas seguintes, os pesquisadores observaram as mudanças na ingestão de calorias por meio dos dados de gasto de energia, peso e composição corporal.

O resultado foi esclarecedor: o grupo que recebeu instruções de como dormir melhor conseguiu aumentar, em média, 1,2 hora de sono por noite e consumir cerca de 270 calorias menos do que o grupo que não teve a rotina alterada.

Nesse sentido, se esses pacientes que tiveram uma mudança na ingestão de calorias continuassem com uma rotina de sono mais saudável, a longo prazo o déficit calórico poderia levar a uma perda de peso clinicamente importante, conforme indicou o estudo publicado recentemente na JAMA Internal Medicine.

“Mostramos que na vida real, sem fazer outras mudanças no estilo de vida, você pode prolongar o sono e comer menos calorias, e isso pode realmente ajudar as pessoas que tentam perder peso” disse Esra Tasali, coordenadora da pesquisa.

Apesar dos resultados animadores, Esra destacou que mais estudos são necessários para esclarecer se uma rotina saudável de sono pode contribuir para evitar a obesidade e manter a perda de peso por um longo período de tempo.

Por R7

Compartilhe:

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram

LEIA MAIS