Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram

Dólar fecha a R$ 5,60 após aprovação da PEC dos precatórios em 1º turno

_________________Publicidade_________________

O dólar fechou em alta de 0,28%, cotado a R$ 5,6046, nesta quinta-feira (4), após a Câmara dos Deputados aprovar em 1º turno a PEC dos Precatórios, que dribla o teto de gastos e viabiliza o financiamento do Auxílio Brasil no ano eleitoral de 2022.

No pico do dia, a moeda foi a R$ 5,6290, alta de 0,71%. Na mínima, R$ 5,5634, o dólar caiu 0,46%.

Com o resultado, a moeda norte-americana passou a acumular queda de 0,76% no mês e alta de 8,05% no ano.

Já o Ibovespa avançou 0,06%, a 105.617 pontos.

Cenário

Na madrugada desta quinta-feira, a Câmara dos Deputados aprovou em votação apertada o texto-base da Proposta de Emenda à Constituição (PEC) dos Precatórios. Os parlamentares ainda precisam votar os chamados destaques (sugestões pontuais de alteração no texto principal) e o segundo turno.

A PEC é a principal aposta do governo para viabilizar o programa social Auxílio Brasil — anunciado pelo governo para suceder o Bolsa Família. A proposta adia o pagamento de precatórios (dívidas do governo já reconhecidas pela Justiça), a fim de viabilizar a concessão de pelo menos R$ 400 mensais aos beneficiários do novo programa.

No cenário externo, o Federal Reserve (Fed, o banco central dos EUA), anunciou na quarta-feira que vai começar a reduzir neste mês seu programa de estímulo à economia por meio da compra de títulos, com planos de encerrar as compras mensais no próximo ano. Por outro lado, sinalizou que não tem pressa para elevar os juros.

Com juros estáveis nos EUA e em trajetória de alta no Brasil, a perspectiva de abertura adicional dos diferenciais de juros favorece uma valorização da moeda brasileira, à medida que estimula o fluxo de dólares de investidores estrangeiros para o Brasil.

Via-Ac 24 horas

Compartilhe:

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram
Redação Juruá Online

Redação Juruá Online

Notícias Relacionadas