Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram

Diretora da Faculdade de Medicina ITPAC afirma que a instituição nao tem convênio com a Prefeitura de Cruzeiro do Sul

_________________Publicidade_________________

Desde que recebeu autorização para se instalar em Cruzeiro do Sul, a ITPAC, faculdade de medicina de Cruzeiro do Sul, conta com o apoio do estado e principalmente do município, para que possa desenvolver o trabalho de formação dos futuros médicos.

A faculdade de medicina conta com sala de estudo, laboratório, consultório, sala de atendimento, auditório, tudo bem organizado e com tecnologia avançada para ajudar na formação de acadêmicos.

Apesar de toda essa estrutura, os estudantes reclamaram na sexta-feira (26) que estavam sendo prejudicados em sua formação por falta de professores, problemas com a internet e que a faculdade não estava oferecendo o que prometeu. A direção informou que se reuniu com os acadêmicos e entraram em um acordo.

As aulas presenciais estão sendo prejudicadas por conta da pandemia, mas a diretora Erica Pacheco explica que aos poucos estão tentando voltar. “Nós temos uma metodologia ativa, que atende todas as necessidades dos estudantes de medicina. É uma metodologia que tem muita prática logo no primeiro período. No entanto, não conseguimos fazer muitas coisas agora devido a pandemia. Tem vinte e pouco dias que voltamos com as aulas presenciais, mas já vai acontecer algumas práticas com atendimento à comunidade e empresas”.

Atualmente a faculdade conta com 96 alunos fixos,54 deles são do estado do Acre, a maioria da região do Juruá. Os demais são de outros estados como Rondônia, Distrito Federal, Minas Gerais e até do Maranhão.

A mensalidade custa R$ 7.750,00, um valor que para os padrões da cidae é para poucos. Questionada sobre quem conseguiu ter acesso as bolsas de estudo, a diretora explicou que 10% das vagas são oferecidas pelas próprias instituições para pessoas de baixa renda.

A diretora garantiu que a Prefeitura de Cruzeiro do Sul não tem nenhum convênio com a Faculdade patrocinando bolsas de estudos para alunos. “Não há qualquer tipo de benefício sendo custeado pela prefeitura da cidade. É uma faculdade particular. Todos que estão aqui, o recurso é próprio e quem é bolsista, precisa seguir o edital que qualquer pessoa do Brasil pode participar”.

Juruá Online

Compartilhe:

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram
Redação Juruá Online

Redação Juruá Online

Notícias Relacionadas