Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram

Diretor de clínica que mantinha 33 mulheres em celas é preso por maus-tratos e abuso sexual no Ceará

_________________Publicidade_________________

O diretor de uma clínica de repouso foi preso em flagrante, na manhã desta quinta-feira (12), por manter 33 mulheres aprisionadas em celas no estabelecimento, no Bairro Mirandão, em Crato, no interior do Ceará. A polícia começou a investigar o diretor após receber um bilhete escrito por uma das vítimas e entregue a uma familiar.

O diretor da clínica, Fábio Luna dos Santos, de 35 anos, foi levado do local para a Delegacia de Defesa da Mulher (DDM) do Crato por policiais civis. Eles cumpriram um mandado de prisão preventiva contra ele por denúncias de abuso sexual contra duas vítimas quando se depararam com a situação da instituição. A defesa de Santos não foi localizada.

O local abrigava idosas e internas com problemas psiquiátricos, que tinham entre 30 e 90 anos de idade.

Via-G1

Compartilhe:

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram
Redação Juruá Online

Redação Juruá Online

Notícias Relacionadas