Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram

Dia Mundial do Lúpus: saúde conscientiza sobre os sintomas e os cuidados sobre a doença crônica

_________________Publicidade_________________

O lúpus é uma doença autoimune que atinge 5 milhões de pessoas no mundo, mais de 65 mil, somente no Brasil. A doença afeta em sua maioria mulheres entre 20 e 40 anos, mas a enfermidade crônica, também pode atingir homens, crianças e idosos.

No Acre, a doença após ser diagnosticada, passa a ser tratada na unidade de referência do estado que é a Fundação Hospital Estadual do Acre (Fundhacre), por meio do setor de reumatologia.

O tratamento é ofertado pelo Sistema Único de Saúde (SUS) de acordo com a determinação e protocolos do Ministério da Saúde no qual os medicamentos são entregues alguns pela rede estadual, o Centro de Referência para o Programa de Medicamentos do Componente Especializado da Assistência Farmacêutica (CEAF).

Ambulatório de reumatologia na Fundhacre. Foto: Danna Anute

Sintomas e Cuidados

A médica Adriana Marinho que atua no ambulatório da reumatologia da Fundhacre explica que os sintomas são muito variados, e alguns pacientes sentem muita febre, fadiga, emagrecimento, cansaço, outros pacientes podem sentir dor ao respirar e falta de ar.

“Os sintomas apresentados podem aparecem de repente, afetando qualquer órgão do corpo humano; cérebro, pulmões, coração, articulações, pele, fígado e rins, quando este último é atingido pode causar inchaço no corpo, aumento da pressão arterial e levar o paciente ao tratamento de hemodiálise”, destaca a reumatologista  Adriana Marinho.

Após o diagnóstico do lúpus é preciso adotar alguns cuidados

  • Evitar o sol.
  • Praticar atividades físicas regulares.
  • Não fumar.
  • Não consumir bebidas alcoólicas.
  • Manter alimentação saudável e rica em cálcio.

Compartilhe:

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram
Redação Juruá Online

Redação Juruá Online

Notícias Relacionadas