Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram

Dia D: Mâncio Lima inicia campanha de vacinação contra a gripe

O município de Mâncio Lima deu início neste sábado, 17, ao dia D, de vacinação contra a influenza A, a vacina da gripe. A vacinação, nesta primeira remessa, é destinada a crianças de 6 meses até 6 anos de idade, gestantes, puérperas (mulheres que tiveram filhos até 45 dias), povos indígenas e trabalhadores de saúde.

No bairro Guarani, situado as margens da rodovia AC-405, a Unidade de Saúde Dr. Cerqueira foi a mais movimentada durante as primeiras horas da campanha. Segundo a enfermeira da unidade a população daquele bairro sempre comparece em massa nas campanhas realizadas pela Secretaria Municipal de Saúde.

“Aqui é a unidade onde e fluxo é sempre grande, as pessoas vem e tem essa preocupação em vacinar os filhos e aqueles dentro dos grupos definidos nessa momento. Nas primeiras horas, mais de 30 pessoas já compareceram a unidade. É um bairro em que as campanhas atingem o objetivo e, agora no momento de pandemia, a procura tem sido ainda maior”, destacou Yasmile de Araújo, enfermeira da unidade Dr. Cerqueira.

A dona de casa Elizângela Silva Souza também aproveitou a manhã de sol para atualizar a carteira de vacina de sua filha, para Elizângela, está em dias com a vacinação é um dever. “Eu sempre vinho vacinar minha filha e, agora com o novo Coronavírus mais inda, é importante porque previne contra a gripe deixa a criança protegida”, finalizou a dona de casa e moradora do Bairro Guarani.

A campanha de vacinação deste ano será dividida em três etapas, cada uma com parte do público-alvo definido pelo Ministério da Saúde, a saber:

A partir do dia 12 de abril: crianças entre 6 meses e 6 anos, gestantes e puérperas (mulheres no período de até dias 45 após o parto), povos indígenas e trabalhadores da saúde.

A partir do 11 de maio: idosos com mais de 60 anos e professores.

A partir do 9 de junho: integrantes das forças de segurança e salvamento, pessoas com comorbidades, condições clínicas especiais ou com deficiência permanente, caminhoneiros, trabalhadores de transporte coletivo rodoviário, trabalhadores portuários, funcionários do sistema de privação de liberdade, população privada de liberdade e adolescentes em medidas socioeducativas.

Com exceção da vacina contra COVID-19, pode ser administrada na mesma ocasião que outras vacinas e com outros medicamentos. Quem tomou vacina para a COVID-19 deve respeitado o intervalo de 14 dias entre os imunobiológicos. A meta do município de Mâncio Lima é vacinar pouco mais de oito mil pessoas.

Jenildo Cavalcante

Assessoria de Comunicação Social

Imagens: Evandro Ibernon

Compartilhe:

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram
Redação Juruá Online

Redação Juruá Online

Notícias Relacionadas