Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram

Desbarrancamento e abandono ameaçam estrutura do Porto Fluvial de Cruzeiro do Sul

A única rampa de acesso para embarque e desembarque de mercadorias já desabou. A própria Marinha do Brasil já se retirou de lá por conta do desbarrancamento que atingiu suas instalações.

_________________Publicidade_________________

A estrutura do Porto Fluvial de Cruzeiro do Sul está a cada dia mais ameaçada. Tanto pela ação da natureza que tem gerado desbarrancamento das margens do rio Juruá, que inclusive ameaça de desmoronamento galpões existentes no local, como também pelo próprio abandono da área.

A única rampa de acesso para embarque e desembarque de mercadorias já desabou. A própria Marinha do Brasil já se retirou de lá por conta do desbarrancamento que atingiu suas instalações. Há meses o Porto não conta mais com serviço de vigilância armada, onde pessoas transitam livremente por ali. Assaltos já chegaram a ocorrer recentemente, onde uma mulher teve arma apontada para a cabeça por criminosos, que levaram diversos bens e dinheiro de uma empresa que pagaria diaristas.

É pelo porto fluvial também, como fica próximo à base da Petrobrás, que os municípios de Porto Walter e Marechal Thaumaturgo são abastecidos com combustível para o dia a dia da população, inclusive para à empresa geradora de energia dessas cidades.

Procurado pela reportagem do Juruaonline, o gerente local do Deracre Luciano Oliveira, informou que o Porto é gerido pela diretoria de hidrovias do estado do Acre que estará em Cruzeiro do Sul nos próximos dias para avaliar a situação. “É o nível das águas, é a força da natureza e é uma coisa que a gente não pode impedir. Esse Porto foi construído em local errado, e por conta disso tem gerado todos esses transtornos relacionados à desbarrancamento. Essa rampa que existia aqui ela segurava à força das águas e com isso acabou caindo. Quanto aos galpões do local, à previsão é que sejam demolidos. É possível inclusive que um porto provisório seja construído, para garantir a demanda de embarque e desembarque”, concluiu.

Vídeo do desbarrancamento

Juruá Online

Compartilhe:

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram
Redação Juruá Online

Redação Juruá Online

Notícias Relacionadas