Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram

Delegado de Mâncio Lima garante que participantes de festa clandestina serão responsabilizados

"A Polícia Civil não vai se curvar para quaisquer tipo de situações constrangedoras, que possa ser imposta contra a população de Mâncio Lima. Todos aqueles bagunceiros e irresponsáveis vão pagar na forma da lei”.

_________________Publicidade_________________

A festa clandestina, regada à bebida alcoólica e outras práticas ilícitas, como o próprio ato de fazer o evento em plena Pandemia do novo Coronavírus, ocorreu no último final de semana no ramal do Batoque, no município de Mâncio Lima.

Um vídeo que circula nas redes sociais, mostra dezenas de jovens, sem máscara, fazendo danças sensuais e ingerindo bebida alcoólica. A festa teria durado pelo menos 2 dias.

O delegado José Obetaneo dos Santos, que conduz a investigação, disse que foi expedida ordem de missão para que os investigadores da Polícia Civil, identifiquem o local exato onde ocorreu a festa, o dono da propriedade e os participantes. Após isso é que ele deve instaurar o inquérito civil. “Tomei conhecimento de uma bagunça que teve no município de Mâncio Lima. Todos aqueles que participaram direta ou indiretamente daquele evento triste vão ser responsabilizados. A Polícia Civil não vai se curvar para quaisquer tipo de situações constrangedoras, que possa ser imposta contra a população de Mâncio Lima. Todos aqueles bagunceiros e irresponsáveis vão pagar na forma da lei”, garantiu.

Veja o vídeo da entrevista do Delegado:

Juruá Online

Compartilhe:

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram
Redação Juruá Online

Redação Juruá Online

Notícias Relacionadas