22 de maio de 2022   |   13:20  |  

booked.net

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram

Dalai Lama pede ‘medidas urgentes’ contra mudança climática

Dalai lama cobrou redução no uso de combustíveis fósseis em reunião realizada pelo Dia da Terra; líder espiritual foi presentado com bloco de gelo do Himalaia.

_________________Publicidade_________________

O dalai lama, chefe espiritual dos budistas tibetanos em exílio na Índia, pediu no sábado, 23, que se reduza o uso de combustíveis fósseis e que se use fontes de energia renováveis, durante uma reunião realizada pelo Dia da Terra.

“Durante a minha vida, testemunhei a diminuição da queda de neve: primeiro, no Tibet; e depois, em Dharamshala”, disse dalai lama, de 86 anos.

O líder espiritual pediu “medidas urgentes para reduzir nossa dependência de combustíveis fósseis e a adoção de fontes de energia renováveis, como eólica e solar”.

“A ameaça da mudança climática não se limita às fronteiras nacionais, afeta todos nós”, insistiu.

Um grupo de ativistas que lutam contra as mudanças climáticas presenteou o dalai lama – que vive exilado em Dharamshala – com um bloco de gelo cortado de uma das geleiras de Ladakh, região do Himalaia no extremo-norte da Índia.

Colocado sobre uma tábua de madeira, o bloco de gelo simbolizava o derretimento das geleiras do Himalaia, vítima das mudanças climáticas. Foi transportado por 250 km por voluntários, de bicicleta, a pé, ou graças a veículos elétricos, para conscientizar sobre as consequências das emissões de CO2 nas geleiras.

Por EXAME

Compartilhe:

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram

LEIA MAIS