Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram

Cruzeiro do Sul está sem papiloscopistas para elucidar crimes e agentes exercem ilegalmente a função, diz denúncia

_________________Publicidade_________________

Um grupo de concurseiros da cidade de Cruzeiro do Sul procurou a reportagem do ContilNet nesta quinta-feira (23) para fazer uma denúncia sobre a falta de profissionais papiloscopistas no Acre para elucidação de crimes.

Os denunciantes afirmam que não existem servidores da área atuando dentro da Polícia Civil, já que o único habilitado para exercer a função se aposentou ainda neste ano de 2021. Não há concurso para agentes da área há pelo menos 20 anos.

“De acordo com a Lei Orgânica da Polícia Civil do Acre (Plano de Cargos), há 100 cargos vagos para essa área”, destacou.

O papiloscopista é o profissional que trata da identificação humana através das papilas dérmicas presentes nas palmas da mão e na sola dos pés. Apesar da nomenclatura ser desconhecida pela maioria da população, os papiloscopistas são os peritos oficiais mais antigos no Brasil.

O grupo disse ainda que a função está sendo exercida ilegalmente, com desvio de função, por peritos criminais.

“Quem está exercendo essa função de forma ilegal com desvio de função são os peritos criminais fazendo perícias em locais de crime e pelos Agentes nos Institutos de Identificação, pois essas atribuições não estão previstas em legislação para eles”, argumentou.

Nossa reportagem entrou em contato com a porta-voz do Governo, Mirla Mirando, para obter informações sobre o assunto. A jornalista disse que procuraria obter uma resposta por parte do órgão sobre a demanda.

Concursos e cadastro de reserva

O governador Gladson Cameli já prometeu convocar nos próximos dias uma parte do cadastro de reserva do concurso realizado em 2017 pelo órgão. O certame não oferece vagas para o cargo de papiloscopista.

Via-Contilnet

Compartilhe:

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram
Redação Juruá Online

Redação Juruá Online

Notícias Relacionadas