Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram

Criança de três anos morre após ser picada por escorpião em MG: ‘Minha vida acabou’, diz pai

_________________Publicidade_________________

Segundo a família, o menino foi picado em um sítio da família. A criança sofreu parada cardiorrespiratória e não resistiu.

Um menino de três anos morreu, na madrugada desse domingo (13), após ser picado por um escorpião. A criança brincava no colo do pai em um sítio da família, na zona rural de Monte Azul (MG), quando foi correr no chão e pisou no escorpião. De acordo com o pai, a criança estava calçada com um chinelo, mas, ainda assim, a picada atingiu o dedo do pé direito.

Imediatamente, o menino foi levado para o Hospital e Maternidade Nossa Senhora das Graças. A criança chegou com náusea e sonolência e morreu horas depois, devido ao choque anafilático.

“Tudo o que eu pude fazer, eu fiz, mas Deus achou melhor assim. Meu filho amado morreu e a sensação é de que minha vida acabou”, disse o pai Mateus Fagundes.

Devido às complicações, a equipe médica chegou a iniciar o processo de transferência da criança para o Hospital Universitário Clemente de Faria, em Montes Claros (MG). Mas, de acordo com a assessoria da Unidade de Suporte Avançado do SAMU, o paciente teve o estado de saúde agravado durante o trajeto e precisou retornar ao hospital de origem. Segundo representantes do Hospital e Maternidade Nossa Senhora das Graças, a criança teve uma parada cardiorrespiratória no caminho. A equipe tentou reanimar o menino, que não resistiu e morreu em Monte Azul.

“Nós lamentamos muito o ocorrido. Durante toda a permanência no hospital, a criança foi assistida por uma equipe multidisciplinar e todas as medidas foram tomadas, mas, infelizmente, pela gravidade do caso, ele não resistiu”, afirmou Marcelo de Oliveira, gerente administrativo do hospital.

Quando a criança chegou à unidade, o estoque de soro antiescorpiônico estava zerado. De acordo com representantes, todas as três ampolas restantes haviam sido utilizadas em outro paciente que também foi picado por um escorpião na sexta-feira (11), por isso, a equipe buscou o soro em outros hospitais de cidades vizinhas.

“Buscamos três ampolas no hospital de Espinosa e mais três no Hospital de Mato Verde. Seguimos o protocolo do Ministério da Saúde e administramos as seis ampolas na criança, que apresentava estado grave. Todo o soro havia sido aplicado em, aproximadamente, uma hora depois da chegada da criança”, explicou Marcelo.

A criança foi sepultada na tarde desse domingo (13) no cemitério de Monte Azul (MG).

Por G1

Compartilhe:

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram
Redação Juruá Online

Redação Juruá Online

Notícias Relacionadas