Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram

Cresce no AC número de ciclistas e a venda de bikes para prática de esporte: “Minha saúde é outra”

_________________Publicidade_________________

Os pesos e esteiras de academias não são mais as únicas possibilidades de praticar exercício físico no Acre. O ciclismo está cada vez mais ganhando espaço como esporte e/ou competição entre aqueles que preferem movimentar toda a musculatura do corpo e estimular o cérebro sem as formas convencionais.https://3760c509e44573c07a97fabc6c9e4280.safeframe.googlesyndication.com/safeframe/1-0-38/html/container.html

Uma dessas pessoas é a enfermeira acreana Keyla Roberta, que há pouco mais de 1 mês descobriu sua paixão por pedalar. A bicicleta foi a única maneira possível, por conta do tempo dedicado ao combate à pandemia, de cuidar da própria saúde.

Pode ser uma imagem de 1 pessoa, bicicleta e ao ar livre
Keyla descobriu o amor pelo ciclismo há poucos dias/Foto: Arquivo pessoal

“Como não tinha tempo para ir à academia, eu e minha companheira decidimos comprar duas bicicletas e começamos a pedalar. Depois de um tempo, entramos para o grupo Jandaia e participamos de competições com eles, pedalando semanalmente”, contou à reportagem do ContilNet.

Neste último fim de semana, a enfermeira venceu um campeonato estadual de ciclismo.

“Parei de tomar medicação. Minha saúde é outra”

Keyla disse que já perdeu peso desde que iniciou a atividade, mas deixa claro que as suas maiores conquistas têm a ver com a melhoria do sono e da ansiedade.

Pode ser uma imagem de 8 pessoas, pessoas em pé e ao ar livre
Neste último fim de semana, a enfermeira venceu um campeonato estadual de ciclismo/Foto: Reprodução

“Eu perdi peso desde que comecei a pedalar. Minha saúde é outra. Tinha dificuldade para dormir, tomava remédio para conseguir acalmar minha ansiedade, e hoje não preciso mais fazer uso de nenhuma medicação. Durmo tranquila e bem”, comentou.

“Descobri um esporte que me deixa satisfeito e que me ajuda a perder peso”

O senamadureirense Edeclan Damasceno também foi um dos que se interessaram pelo esporte nos últimos meses. Ele explica que o ciclismo tem contribuído de forma considerável para o processo de emagrecimento.

Edeclan diz que encontrou um esporte que auxilia no processo de emagrecimento e lhe dá disposição/Foto: Reprodução

Damasceno, que já perdeu 23 kg em 8 meses, integra um grupo de pelo menos 8 pessoas que pedalam semanalmente na BR-364, percorrendo até 80 km em um só dia. Disposição é o que não falta para os amantes dos pedalos, que chegam a acordar às 3h da manhã para iniciarem os trabalhos.

“Encontrei um esporte que me deixa satisfeito e motivado, que ajuda no processo de emagrecimento e me dá disposição. Me sinto outra pessoa, com a saúde renovada e um sono mais tranquilo”, destacou.

Os senamadureirenses chegam a percorrer 80 km em um só dia/Foto: Reprodução

“O nosso grupo tem muita disposição. Acordamos, muitas vezes, 3h da manhã para pedalar. Nos divertimos muito com os encontros e ainda cuidamos da saúde. É um combo perfeito”, finalizou.

“A procura por bicicletas cresceu absurdamente em 2021”

Nossa reportagem procurou a loja AC Bikes, em Rio Branco, especializada na venda e conserto de bicicletas, para saber como está a procura pelos veículos de duas rodas.

“Tivemos um crescimento absurdo na procura por bicicletas durante a pandemia, especialmente nesse ano de 2021. Com as academias fechadas ou com restrições, as pessoas optaram por outras formas de praticar exercício, um delas é o ciclismo”, disse o vendedor Felipe de Lima.

A loja chegou a ter seu estoque de bikes esgotado em meses passados. “Eram tantas pessoas procurando por bicicleta que o nosso estoque já chegou a esgotar. Teve um dia que conseguimos vender 20 bicicletas em poucas horas”, concluiu.

Via-Contilnet

Compartilhe:

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram
Redação Juruá Online

Redação Juruá Online

Notícias Relacionadas