Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram

CPI ouve servidor da Saúde que participou de importação da Covaxin

_________________Publicidade_________________

William Santana é técnico da Divisão da Importação da pasta e um dos subordinados a Luís Ricardo Miranda

A CPI da Covid no Senado ouve nesta sexta-feira o servidor do Ministério da Saúde William Amorim Santana, técnico da Divisão da Importação da pasta que apontou problemas em um documento da compra da vacina Covaxin, produzida pelo laboratório indiano Bharat Biotech e representada no Brasil pela empresa Precisa.

O funcionário é subordinado a Luis Ricardo Miranda, o irmão do deputado Luís Miranda (DEM-DF) que disse ter sofrido “pressão atípica” de seus superiores hierárquicos, dentre eles Roberto Dias, diretor de Logística do Ministério, para aprovação rápida da negociação com o laboratório.

Durante o início do depoimento, o relator da CPI, senador Renan Calheiros (MDB-AL), aproveitou para reiterar que a Comissão não investigará instituições militares, mas sim “o que aconteceu nos porões do Ministério da Saúde”. Veja: 

Por IG

Compartilhe:

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram
Redação Juruá Online

Redação Juruá Online

Notícias Relacionadas