17 de maio de 2022   |   19:48  |  

booked.net

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram

Covid: laboratório identifica subvariante inédita em criança de SP

A rede Dasa identificou uma recombinante da variante Ômicron do coronavírus inédita em uma criança de 3 anos.

_________________Publicidade_________________

A rede integrada de saúde Dasa identificou uma recombinante da variante Ômicron do coronavírus inédita. A cepa foi encontrada em uma amostra colhida de uma criança de 3 anos de idade de São Paulo em fevereiro.

O sequencimento genômico realizado pela Dasa detectou que a carga genética do vírus continha informações da Ômicron combinadas com as de uma outra versão do coronavírus ainda não identificada em outras partes do mundo.

Para que seja considerada uma nova linhagem do vírus, é necessário que outros quatro casos semelhantes sejam relatados.

Recombinação

O professor do Instituto de Biologia da UnB, Bergmann Ribeiro, explica que eventos de recombinação entre vírus são muito comuns.

Isso ocorre quando uma pessoa é infectada por dois micro-organismos diferentes que entram em uma mesma célula. Nessa situação, o material genético deles pode ser intercambiado aleatoriamente.

“Esse tipo de evento, chamado de recombinação homóloga, pode resultar no aumento da variabilidade genética do vírus, com o aumento das chances de produção de novas variantes com potenciais riscos, como a evasão do sistema imune”, explica Ribeiro.

Por Metrópoles

Compartilhe:

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram

LEIA MAIS