Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram

Corpo de Bombeiros alerta para cuidados com deslizamentos e quedas de árvores durante temporais

_________________Publicidade_________________

A mudança do verão para o inverno amazônico sempre é marcada por fortes chuvas com ventanias. A famosa tempestade que dura um pouco mais de dois meses.

A meteorologia nas regiões do Juruá e Purus indica a maior probabilidade de chuva intensa nos últimos meses do ano. “Na transição de um período para o outro, acontecem mudanças climáticas drásticas, ventos muito fortes, raios, enfim, mas é mais nesse período de transição”, destacou Alcimar Farias, bombeiro.

Em 2021,o mês que mais acumulou chuvas foi janeiro . “O acumulado de chuvas desde janeiro até outubro, sendo que em fevereiro foi o maior quantitativo de milímetros , maior quantidade de chuva, 389 milímetros. Em comparação com agora o último mês outubro, nós temos somente 153, o que é considerado dentro do normal. E nos próximos três meses a chuva será dentro do normal”.

Com esse período intenso de temporais, o tenente do corpo de bombeiros orienta a população a ter os cuidados necessários com os deslizamentos e quedas de árvores. “As pessoas observem os lugares que tenham árvores, procurar abrigos em caso de tempestades. Verificar também nos períodos de chuvas como que as árvores destruídas podem causar problemas a população, peço que acione os bombeiros”.

Redação Juruá Online

Compartilhe:

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram
Redação Juruá Online

Redação Juruá Online

Notícias Relacionadas