Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram

Cooperativas e Associações Rurais do Acre entre elas de Cruzeiro do Sul receberão investimentos de R$ 2,4 milhões do Governo do Estado

Fomentar a produção agrícola tem sido um dos pilares da gestão de Gladson Cameli. Nesta segunda-feira, 3, mais um importante avanço foi consolidado para impulsionar o agronegócio no Acre. O governo do Estado, por meio da Secretaria de Indústria, Comércio e Tecnologia (Seict), fez o repasse de R$ 2,4 milhões para cinco cooperativas e associações rurais.

O apoio financeiro proveniente do Programa de Saneamento Ambiental Integrado e Inclusão Socioeconômica (Proser) contemplou a Cooperativa Agroextrativista Libertadora ( Cooper Liber); Associação dos Produtores Rurais do Projeto Machado Almeida (Horta Nativa); Associação dos Produtores Rurais Três Fronteiras; Cooperativa Nova Aliança dos Produtores de Farinha do Vale do Juruá (Cooper Farinha); e Cooperativa dos Produtores e Criadores de Aves Semi Caipira e Caipira (Coopasc).

A ação governamental beneficia cerca de 500 famílias dos municípios de Cruzeiro do Sul, Brasileia, Bujari e Senador Guiomard, que trabalham nas cadeias produtivas da fruticultura, mandiocultura, horticultura e avicultura. Com estes recursos, as cooperativas e associações terão condições de modernizar sua forma de produção, além de investir na aquisição de materiais e máquinas agrícolas e implantação de agroindústrias.

Associação dos Produtores Rurais Três Fronteiras, presidida por Francisco Oliveira, foi uma das contempladas com recursos estatais para fomento da produção Foto: Pedro Devani/Secom

Para o presidente da Associação dos Produtores Rurais Três Fronteiras, Francisco Oliveira, a chegada do recurso será fundamental para alavancar a produção e melhorar a renda familiar dos associados. Fundada há cinco anos, esta é a primeira vez que a entidade localizada no Projeto de Assentamento Walter Acer, no Bujari, recebe ajuda financeira estatal com o objetivo de estimular o aumento da produtividade.

“Com esse apoio do governo, o desenvolvimento vai chegar em nossa comunidade e as famílias terão melhoria na qualidade de vida. Esse dinheiro será muito importante para fazermos a aquisição de máquinas, trator agrícola, um caminhão, e construção de um galpão para fazermos o manuseio dos nossos produtos e dar as condições para receber os nossos clientes”, afirmou.

Sebastião Oliveira, presidente da Cooper Farinha, também comemorou o investimento destinado para a cooperativa cruzeirense. Ele aproveitou para agradecer o empenho do governo do Estado por valorizar a agricultura familiar e fortalecer ainda mais a já reconhecida tradicional produção de farinha no Vale do Juruá.

Sebastião Oliveira, presidente da Cooper Farinha, agradeceu apoio financeiro do governo do Estado Foto: Pedro Devani/Secom

“Essa ajuda chega em boa hora e gostaria de dar o meu muito obrigado ao governo por olhar para os pequenos produtores. Com esse recurso, vamos melhorar nossa estrutura e garantir que a melhor farinha do Brasil continue sendo produzida aqui no Acre”, declarou Oliveira.

“Investir na zona rural é nossa prioridade”, garante governador

Presente no ato de assinatura do repasse financeiro, o governador Gladson Cameli lembrou que o apoio incondicional à população do campo é uma das prioridades de sua administração. De acordo com o chefe do Poder Executivo, o Acre tem grande potencial para o agronegócio, setor que pode transformar a realidade econômica e social do estado.

“O agronegócio é uma das bandeiras do nosso governo e temos feito tudo que é possível para ajudarmos desde o pequeno ao grande produtor. Temos tratado todos com igualdade e, sobretudo, respeitando cada trabalhador. Temos terras boas e um clima excelente para vários tipos de cultura. A nossa parte, estamos fazendo, que é apoiar e não perseguir quem queira trabalhar”, frisou.

Governador Gladson Cameli tem sido um parceiro da população da zona rural Foto: Pedro Devani/Secom

Cameli anunciou também os investimentos previstos para a zona rural, como a recuperação e manutenção de ramais e aquisição de máquinas pesadas. “Muito em breve, vamos dar a ordem de serviço de R$ 94 milhões para a melhoria dos nossos ramais, assim como a continuidade da parceria com as prefeituras e vamos receber ainda 110 máquinas para que o Deracre dê toda a assistência necessária para os nossos produtores”, explicou.

Segundo o secretário de Indústria, Comércio e Tecnologia, Anderson Lima, os números revelam que o Acre vem despontando no setor agrícola. Para o gestor, o governo está atento aos anseios do produtor rural e focado em assegurar as condições necessárias para o desenvolvimento do agronegócio.

“Nossas exportações bateram recorde e devemos muito aos nossos produtores rurais por essa importante conquista. Nada mais justo que investir R$ 2,4 milhões no fortalecimento dessas cadeias produtivas e agroindústrias. Sabemos que estes recursos serão bem empregados e tenho certeza que colheremos bons frutos dentro de pouco tempo”, revelou.

Secretário Anderson Lima destacou que o Acre tem alcançado resultados positivos no agronegócio Foto: Pedro Devani/Secom

O superintendente regional do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra), Sérgio Bayum; o deputado estadual Gehlen Diniz; e o vereador Rutênio Sá também prestigiaram a solenidade realizada na sede da Seict, em Rio Branco.

Por: SECOM

Compartilhe:

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram
Redação Juruá Online

Redação Juruá Online

Notícias Relacionadas