Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram

Conselho do Canadá aprova 1ª dose com AstraZeneca e 2ª dose com outra vacina contra a Covid-19

Mudança no regime de vacinas foi autorizado com base em estudos. Medida visa a reduzir ainda mais os já raros casos de trombose em pacientes que tomaram as duas doses com o imunizante Oxford/Astrazeneca.

_________________Publicidade_________________

Um comitê oficial do Canadá disse nesta terça-feira (1º) que pessoas que receberam uma primeira dose da vacina contra Covid-19 da AstraZeneca podem escolher uma segunda dose de uma vacina diferente – Pfizer/BioNTech ou Moderna.

A medida tem caráter consultivo, isto é, as províncias canadenses deverão decidir se autorizam ou não esse regime de doses.

Theresa Tam, principal autoridade de saúde pública do Canadá, afirmou que uma das razões da recomendação do Comitê Nacional de Aconselhamento para Imunização (Naci) foi a preocupação com  coágulos sanguíneos raros e potencialmente fatais ligados à vacina da AstraZeneca.

“Se não fosse por isso, provavelmente continuaríamos dando a mesma vacina como uma segunda dose”, disse ela.

Apesar da precaução adicional, o imunizante é SEGURO e o risco de contrair trombose pela vacina é MENOR do que o de ter a doença como consequência de uma infecção pelo coronavírus. 

Via-G1

Compartilhe:

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram
Redação Juruá Online

Redação Juruá Online

Notícias Relacionadas