Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram

Comitê diz que liberação de máscaras não deve ocorrer no Acre: “É na verdade um momento de fortalecimento das medidas sanitárias”

_________________Publicidade_________________

Alguns estados brasileiros já estão retirando a obrigatoriedade da máscara como uma das medidas de combate à Covid-19. No Acre, o Comitê de Acompanhamento Especial da Covid-19 disse à reportagem, que não tem perspectiva, no momento, de discutir o afrouxamento das medidas sanitárias, o que inclui o uso de máscaras em locais públicos e privados que é lei no estado desde setembro de 2011, sendo inclusive, motivo de multa em caso de descumprimento.

“Com a reabertura de todos os segmentos em maior escala e o retorno das aulas presenciais nas escolas públicas, o Comitê acredita que este é na verdade um momento de fortalecimento das medidas sanitárias, de uso das máscaras e limpeza frequente das mãos enquanto a vacinação ainda avança no estado”, diz nota enviada à reportagem do ContilNet.

A cobertura vacinal com a segunda dose no Acre atualmente gira em torno de 48%, quando a Organização Mundial da Saúde recomenda uma flexibilização maior a partir de 70%.

Em estudo divulgado no início do mês, a Fiocruz diz que ainda é essencial a manutenção das medidas preventivas para impedir que a circulação do vírus volte a aumentar. Segundo a instituição, medidas como o distanciamento social e uso de máscaras não estão sendo seguidas.

Compartilhe:

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram
Redação Juruá Online

Redação Juruá Online

Notícias Relacionadas