Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram

Comitê cancela coletiva, mas mantém Acre na bandeira vermelha

O Comitê de Acompanhamento Especial da Covid-19 no Acre decidiu adiar a coletiva de imprensa que ocorreria nesta sexta-feira, 19, em virtude do cenário que se encontra o Estado com o limite máximo de ocupação de Unidades de Tratamento Intensivo (UTI) e os leitos de enfermaria que são destinados aos pacientes com covid-19.

Em nota, o Comitê afirmou que o Acre se mantém em Bandeira Vermelha, sem mudanças nas atuais medidas de manutenção no combate à pandemia.

“Será adiada a coletiva em virtude do cenário de colapso assistencial instalado, com 100% de ocupação dos leitos de UTI na Regional do Baixo Acre, onde estão concentrados o maior número de leitos do Estado, e para onde são regulados os pacientes da Regional do Alto Acre, em virtude da ausência de leitos UTI nesta regional. Havendo necessidade, um novo anúncio será agendado e comunicado à imprensa”, afirmou.

Há seis dias, Pronto-Socorro e Into têm 100% de UTI’s lotadas. Desde o último dia 13 até esta quinta-feira, 18, a taxa de ocupação de leitos de UTI tanto no Pronto Socorro de Rio Branco quanto no Hospital de Campanha do Instituto Nacional de Traumatologia e Ortopedia do Acre (Into) têm sido, ininterruptamente, de 100%, de acordo com o Boletim Informativo da Assistência à Saúde no Estado do Acre, divulgado nesta quinta (18).

O acompanhamento da ocupação de leitos em decorrência da Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) indica que o total de internações informadas nesta quinta-feira é de 449, sendo 380 no SUS e 69 na rede privada. Desse total, 368 pacientes tiveram resultado positivo para Covid-19. São 120 internações em UTI – 102 no SUS e 18 na rede privada.

Em enfermarias, em todo o estado, são 329 internações registradas no boletim desta quinta-feira – 278 no SUS e 71 no privado. Há seis pacientes na lista de espera para leitos de UTI. Aguardam transferência para outras cidades 11 pacientes – quatro para enfermaria e sete para UTI. Já transferidos, há três em Cruzeiro do Sul – dois em enfermarias e uma em UTI.

Compartilhe:

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram
Redação Juruá Online

Redação Juruá Online

Notícias Relacionadas