Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram

Com sinais de embriaguez, mulher causa acidente, tenta agredir policiais e acaba detida em Epitaciolândia

Ela foi presa em flagrante no sábado (15) por danos materiais e lesões leves e liberada após pagar fiança. Mulher dirigia em alta velocidade e acabou colidindo contra uma motocicleta e um outro carro em Epitaciolândia.

_________________Publicidade_________________

Uma mulher de 41 anos foi presa em flagrante no último sábado (15) depois de causar um acidente no cruzamento da Avenida Internacional, em Epitaciolândia, e ainda tentar agredir policiais que atendiam a ocorrência.

Com visíveis sinais de embriaguez, segundo a polícia, a mulher dirigia um carro com excesso de passageiros, em alta velocidade e na contramão, quando acabou colidindo contra uma motocicleta e um carro. O motociclista ficou com ferimentos leves e foi levado ao hospital da cidade.

Quando a polícia chegou no local, a mulher estava muito alterada e tentou agredir a equipe, sendo preciso usar algemas para contê-la. Ela então foi levada para a delegacia de Polícia Civil da cidade e acabou presa em flagrante pelos crimes de danos materiais e lesões leves.

Com sinais de embriaguez, mulher causa acidente, tenta agredir policiais e acaba presa no interior do AC — Foto: Reprodução

Com sinais de embriaguez, mulher causa acidente, tenta agredir policiais e acaba presa no interior do AC — Foto: Reprodução

Na delegacia, foi lavrado ainda um auto de infração de trânsito, por ela estar dirigindo sob influência de álcool e se recusar a se submeter ao teste. A delegada que fez o flagrante, Carla Ívane informou que a mulher foi liberada após pagar fiança. O valor não foi informado.

“Como não houve lesão grave e a vítima não representou contra ela, foi arbitrada uma fiança e ela foi liberada para responder em liberdade. Desse procedimento, se desdobrou em outros, uma vez que identificamos que uma das vítimas, a que estava na moto, era menor de idade. Então, foi feito um boletim contra ele e um TCO com relação à pessoa que deu a moto para ele pilotar, que era maior de idade”, disse a delegada.

via-G1

Compartilhe:

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram
Redação Juruá Online

Redação Juruá Online

Notícias Relacionadas