11 de agosto de 2022   |   21:23  |  

booked.net

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram

Com PEC aprovada no Senado, propostas de Bolsonaro em ano eleitoral superam R$ 343 bilhões

A PEC recebeu 72 votos favoráveis e apenas 1 contrário no 1º turno. No 2º turno, foram 67 votos favoráveis e 1 contrário.

_________________Publicidade_________________

Na noite de quinta-feira (29), o Senado Federal aprovou a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) que cria benefícios sociais, como o voucher caminhoneiro, e institui estado de emergência no Brasil até o final deste ano. A medida viabiliza a ampliação dos benefícios. A PEC recebeu 72 votos favoráveis e apenas 1 contrário no 1º turno. No 2º turno, foram 67 votos favoráveis e 1 contrário.

A medida poderá trazer um impacto de cerca de R$ 41,2 bilhões aos cofres públicos. A proposta prevê também o aumento no valor pago no Auxílio Brasil, de R$ 400 para R$ 600; aumento no Auxílio Gás, que terá uma parcela extra a cada dois meses; auxílio a caminhoneiros no valor de R$ 1 mil para profissionais cadastrados no Registro Nacional de Transportadores Rodoviários de Cargas (RNTRC); e auxílio a taxistas.

O impacto da proposta também inclui o financiamento da gratuidade do transporte público para idosos; compensação aos estados que concederem créditos tributários para o etanol; e reforço orçamentário para o programa Alimenta Brasil. O texto aprovado foi relatado pelo senador Fernando Bezerra (MDB-PE), e agora seguirá à Câmara dos Deputados.

As principais ações anunciadas pelo presidente para 2022

Primeira ampliação do Auxílio Brasil (para R$ 400) — aumento de R$ 56 bilhões em relação ao orçamento do Bolsa Família;

Novo aumento do Auxílio Brasil (para R$ 200) — R$ 26 bilhões;

Primeiro auxílio-gás – R$ 1,9 bilhão;

Ampliação do vale-gás: R$ 1 bilhão;

Criação de benefício para caminhoneiros: R$ 5,4 bilhões;

Subsidiar gratuidade para maiores de 65 anos: R$ 2,5 bilhões;

Subsídios para etanol: R$ 3,8 bilhões;

Auxílio para taxistas e Alimenta Brasil: R$ 2,5 bilhões;

Renúncia fiscal com isenção dos tributos federais do diesel, gás e redução linear do IPI – R$ 43,3 bilhões;

Isenção dos tributos federais da gasolina: R$ 17 bilhões.

Com Informações SBT News

Compartilhe:

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram

LEIA MAIS