Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram

Com noivo infectado, indianos usam roupa de proteção para se casar

Quando a polícia soube que haveria um casamento, agentes foram ao local para impedir a festa. No entanto, eles permitiram que a cerimônia ocorresse se as pessoas usassem uma roupa completa de proteção.

_________________Publicidade_________________

Um casal da cidade de Ratlam, na Índia, resolveu fazer sua cerimônia de casamento de acordo com os rituais hinduístas mesmo que o noivo, diagnosticado com Covid, precisasse usar roupas de proteção para evitar a disseminação da doença. A celebração aconteceu no domingo (25).

De acordo com a agência de notícias Ani, que cobre o sul da Ásia, o noivo soube que estava infectado com o coronavírus no dia 19 de abril.

Quando a polícia soube que haveria um casamento, agentes foram ao local para acabar com a festa. No entanto, para permitir que a celebração acontecesse, os policiais obrigaram os noivos e usar uma roupa de proteção de corpo inteiro com o intuito de supostamente não disseminar a doença.

Além do casal, outras três pessoas foram obrigadas a usar a roupa, que isola o corpo inteiro.

Ratlam fica no estado de Madhya Pradesh, onde encontros sociais e religiosos foram restritos (pela regra, até 50 pessoas podem participar de uma festa de casamento).

ituação na Índia

O país vive uma alta de infecções. Há dias o país registra mais de 300 mil infecções diárias (a Índia tem 1,3 bilhão de habitantes).

Familiares e profissionais de saúde usando EPI carregam corpos de vítimas da Covid-19 em um campo de cremação em Nova Délhi, em 27 de abril de 2021, durante a pandemia do novo coronavírus na Índia — Foto: Prakash Singh/AFP

Familiares e profissionais de saúde usando EPI carregam corpos de vítimas da Covid-19 em um campo de cremação em Nova Délhi, em 27 de abril de 2021, durante a pandemia do novo coronavírus na Índia — Foto: Prakash Singh/AFP

Nesta quarta-feira (28), foram notificadas 200 mil mortes causadas pela Covid-19 no país.

Foram 3.293 óbitos nas últimas 24 horas, um novo recorde diário. Pelo 3º dia seguido a Índia foi a nação com mais vítimas da Covid-19 no mundo, à frente inclusive do Brasil, que nas últimas 24 horas  registrou mais 3120 mortes e ultrapassou os 395 mil óbitos.

A situação é crítica nos hospitais do país, com falta de leitos, de remédios e de oxigênio para os doentes. Funerais e crematórios estão sendo feitos em massa para dar conta do volume de corpos.

Flexibilização, aglomerações e nova variante

A disparada de casos e mortes ocorre após o governo indiano ter falado em “fase final da pandemia” em março e ter flexibilizado as medidas de combate à Covid-19.

Compartilhe:

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram
Redação Juruá Online

Redação Juruá Online

Notícias Relacionadas