Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram

Com cheia do Rio Negro, moradores passam a depender de canoas no Centro de Manaus

Cheia do Rio Negro está a poucos centímetros de alcançar a cota da maior enchente já registrada na cidade, que ocorreu em 2012

_________________Publicidade_________________

O fenômeno das cheias no Amazonas é comum, mas poucas vezes foi tão severo. Em Manaus, o nível do Rio Negro segue aumentando rapidamente e, nesta segunda-feira (24), atingiu 29,89 metros. Já é a segunda maior cheia da história desde o início dos registros, em 1902.https://a4325392a0fa008c7202d57abc60454c.safeframe.googlesyndication.com/safeframe/1-0-38/html/container.html

As ruas inundadas mudam a rotina das pessoas que moram e trabalham no Centro da capital do Amazonas. Se antes pisavam em asfalto, agora passam pelas águas.

É o caso dos soldadores Ricardo Sampaio e Joel Santos. Antes, eles seguiam a pé até o local de trabalho, mas agora dependem de canoas se não quiserem chegar encharcados no emprego. Eles aguardavam cerca de 30 minutos até a chegada da embarcação.

Algumas pessoas estacionam os carros no início da rua inundada para, a partir dali, pegar a canoa. O valor cobrado pelo canoeiro varia conforme a distância do trajeto.

via-AM

Compartilhe:

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram
Redação Juruá Online

Redação Juruá Online

Notícias Relacionadas