Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram

Com apenas 1 cilindro de oxigênio reserva, Santa Rosa do Purus transfere pacientes para Rio Branco

_________________Publicidade_________________

Quatro pacientes de Santa Rosa do Purus que dependem constantemente do oxigênio estão sendo transferidos para Rio Branco nesta terça-feira (23). Além desses, uma mulher de Feijó e dois bebês de Brasiléia também serão transferidos para a capital.

Com seis pacientes internados com Covid-19, a Unidade Mista de Santa Rosa do Purus, no interior do Acre, tem apenas um cilindro de oxigênio reserva nesta terça-feira (23). Com a alta demanda no uso de oxigênio, a unidade decidiu transferir quatro desses pacientes para Rio Branco ainda nesta terça.

A informação foi confirmada pela diretora da unidade, Michela Thamaturgo de Moura. A primeira a ser transferida foi uma mulher de 52 anos. Ela é a paciente que está em estado mais grave, estava com 75% da saturação e usando 15 litros de oxigênio, mas não foi intubada.

Ainda nesta terça, devem ser transferidas outras duas mulheres e um homem de Santa Rosa do Purus. Todos os pacientes têm acima de 50 anos.

A transferência é feita pelo transporte aeromédico até o Aeroporto Internacional de Rio Branco, onde o paciente é recebido e levado pelas equipes do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu). A diretora acrescentou que não sabe em quais unidades na capital acreana esses pacientes vão ficar.

“Hoje temos seis internados e vão ficar dois. Esses quatro que estão indo estavam usando oxigênio direto. Como a unidade é mista e não hospital, a médica optou por transferir os pacientes. Temos dificuldades também com o transporte, com avião. Ontem não tinha voo para cá, foi pedido o aeromédico e já trouxeram o oxigênio. É tudo difícil, fazemos de tudo para não deixar faltar”, acrescentou.https://tpc.googlesyndication.com/safeframe/1-0-37/html/container.html

Quase sem oxigênio

A gestora explicou que na segunda-feira (22) a equipe do aeromédico foi buscar um paciente em Santa Rosa do Purus também para Rio Branco e deixou cinco cilindros de oxigênio. Destas, apenas uma não foi usada e está de reserva.

“Estávamos com a quantidade de pacientes usando constantemente e foi muito rápido. Ainda temos uma, e foi pedido a regulação dos pacientes que estavam usando muito porque, infelizmente, não podemos ficar aqui com essa quantidade de pacientes que usam oxigênio direto”, reforçou.

Transferência de dois bebês

Além desses pacientes, está programada para esta terça-feira (23) a transferência também de uma mulher de Feijó, que vem intubada, e dois bebês de Brasileia, na Região do Alto Acre. O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) aguarda esses pacientes no aeroporto da capital acreana.

“Não é uma situação que não foi prevista e não está fora de controle. É um resgate preventivo, estamos fazendo a remoção de três pacientes simultaneamente no avião do governo. São pacientes que estão dependendo de O2, mas estáveis e, na verdade, é a realidade que estamos passando em nosso estado, fora do normal, e as unidades do interior não têm estrutura para remanejar o paciente. De forma preventiva, para que a gente não tenha que surpresas futuramente, o paciente ser intubado às pressas ou faltar oxigênio, estamos fazendo a remoção”, explicou o coordenador e médico do Samu, Pedro Pascoal.

Alerta sobre falta de oxigênio

Esta semana, o Ministério Público Federal alertou sobre a possibilidade de faltar oxigênio em pequenos municípios acreanos. Após esse ofício, o Ministério da Saúde informou que iria aumentar o fornecimento do produto para o estado, com fluxo diário a partir de segunda-feira (22).

“O fluxo deverá ser iniciado já em 22 de março de 2021, sem previsão de ser interrompido. Imaginando a possibilidade de futuros aumentos de fluxo ou mesmo de necessidade de interrupção do fluxo, já está planejado e pronto para ser ativado um transporte adicional que pode chegar a até 10.000 m3/dia”, informou em resposta ao ofício.

Via: G1

Compartilhe:

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram
Redação Juruá Online

Redação Juruá Online

Notícias Relacionadas