10 de agosto de 2022   |   12:32  |  

booked.net

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram

Coluna da Ritinha–O que é paraplegia

Geralmente, a paraplegia ocorre por muitos motivos, mas o que persevera mesmo são os acidentes. O cantor Hebert Viana, por exemplo, ficou paraplégico depois que o Ultraleve que dirigia caiu no mar.

_________________Publicidade_________________

Daqui em diante, decidi escrever uma sequência das deficiências que são pouco discutidas, mas quando são faladas geram dúvidas, curiosidades e vontade de dominar um maior conhecimento sobre elas.

        A primeira da sequência é a paraplegia. A paraplegia é resultante de uma lesão medular (é quando a medula espinhal é danificada por um trauma, doença ou defeito congênito). Sendo assim, a deficiência em questão é motivada quando a lesão acontece nos seguimentos medulares torácicos, lombares ou sacrais, atingindo apenas os membros inferiores. Membros esses que podem ter o comprometimento dos movimentos parciais ou totais. 

        Geralmente, a paraplegia ocorre por muitos motivos, mas o que persevera mesmo são os acidentes. O cantor Hebert Viana, por exemplo, ficou paraplégico depois que o Ultraleve que dirigia caiu no mar. 

        Entretanto, dependendo do quadro a paraplegia pode ser reversível ou irreversível. Além disso, ela é dividida em: Espástica (aumento anormal do tônus muscular das pernas, com aumento da rigidez), Flácida (os músculos das pernas ficam fracos), Completa (não tem sensibilidade nem movimentações das pernas) e Incompleta (há sensibilidade, mas a força das pernas é diminuída). 

Ritinha Andrade

Compartilhe:

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram

LEIA MAIS