Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram

Coluna da Ritinha Andrade-Você recebe o que emana

Quando as pessoas agem, algum retorno se materializa por causa daquilo que elas fizeram ou fazem. E a Comenda do Mérito Cultural Lins Sampaio é uma dessas grandes e positivas materializações que a Prefeitura de Cruzeiro do Sul – AC realiza anualmente. A mesma carrega o nome “Lins Sampaio” como uma homenagem ao Músico Cruzeirense Hélio Modesto de Oliveira Sampaio e, além disso, é uma das maiores honrarias concedida para pessoas e instituições relevantes, que contribuíram em diversos seguimentos para o fortalecimento e propagação da Cultura no município.

        No entanto, na edição de 2019, dezessete pessoas e instituições (Centro Educativo Adilis Nogueira Maciel (Ceanon) e a Missão Família Obra Irmã Demetria, como instituições. Na categoria Sênior, os nomes são: Maria Auxiliadora Soriano Rosas Cavalcante, Charles André Rosas Cavalcante, Francisco Benedito Ferreira da Silva, Maria José Freitas da Silva, Raimundo Gomes da Silva, Jânio Carlos Ramos Teixeira, Alexandre Sérgio, Rútila Ferreira Lima e Silva, Cleidson de Jesus Rocha, Carlos Augusto Assen de Carvalho, Audizio Gonzaga Dantas. Na categoria Póstuma, Alberto Rodrigues de Brito Filho e Jouberth Lima de Sá. E, já na categoria Júnior, Rita de Cássia Albuquerque Andrade (eu rs) e Clerton Gaspar de Souza.) receberam em uma linda solenidade o que emanaram e ainda continuam emanando com muita dedicação e responsabilidade para a sociedade cruzeirense. 

        Na área da literatura, eu que tive o privilégio de receber esse grande reconhecimento cultural. Foi um negócio surreal, eu juro! Porque, apesar de já ter ganhado várias medalhas como atleta essa que conquistei como escritora é diferente – uma coisa realmente inexplicável para alguém que começou a escrever somente com o objetivo de facilitar a comunicação com as outras pessoas. Mas aí, da moça que só almejava ser compreendida nasceu uma pessoa que tomou tanto gosto pela escrita que resolveu crescer no seguimento. Fez uma graduação em Letras (para se aprimorar) e se expandiu através de blogs e colunas jornalísticas. 

        Contudo, a partir do momento que caí nas graças do público como escritora eu me tornei muito grata. Grata por ajudar e dar ânimo a tanta gente através dos meus textos. Grata por poder plantar para todos. De certa maneira, o certificado e a medalha que se tornaram meus naquela noite sublime de 25 de novembro de 2019 são um pouquinho de cada um que venera a minha escrita. Portanto, esteja onde eu estiver tenham a certeza que irei honrar cada mínimo detalhe dessa condecoração.  

Por fim, agradeço de coração todos de Cruzeiro do Sul (principalmente, os que me indicaram) para se tornar dona de tal horária. Também parabenizo todos os que receberam a Comenda junto comigo e a Prefeitura da nossa cidade, que por meio do empenho de toda a equipe da Secretaria de Cultura faz com que essa homenagem ganhe vida em outras vidas todos os anos.

Ritinha Andrade

Compartilhe:

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram
Redação Juruá Online

Redação Juruá Online

Notícias Relacionadas