10 de agosto de 2022   |   11:56  |  

booked.net

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram

Citolab participa do 47º Congresso Brasileiro de Análises Clínicas

A iniciativa este ano, aconteceu em Fortaleza, no Ceará.

_________________Publicidade_________________

Assessoria

A iniciativa este ano, aconteceu em Fortaleza, no Ceará. Após dois anos suspenso, em decorrência da pandemia da Covid-19, o retorno presencialmente do evento, foi marcado por uma importante programação científica diversificada e atividades dos expositores.

A programação promovida pela Sociedade Brasileira de Análises Clínicas – SBAC, capacitou os profissionais a compreender que está por vir a partir das discussões da Consulta Pública da audiência e do último encontro das entidades com a ANVISA. Os participantes também discutiram as informações que podem ser extraídas do Controle de Qualidade, para otimizar e aprimorar a rotina analítica.

“Atualmente, o grande desafio dos profissionais de análises clínicas é identificar quais evidências são relevantes para o laboratório. Entender os objetivos das ferramentas e como elas atuam na segurança e credibilidade dos resultados, sendo assim, fundamental para decisões estratégicas nas análises”, enfatizou Antônia Ferreira, diretora executiva do Grupo Citolab.

De acordo com a biomédica, o congresso é sempre muito enriquecedor, principalmente no que tange uma maior capacidade de leitura técnica, análise criteriosa e tradução mais fidedigna dos dados do controle de qualidade em informações, para melhores decisões. Ela ainda enfatizou a importância da retomada dos congressos da SBAC, pós-pandemia e a importância da participação dela, para aprimoramento técnico da equipe Citolab.

“Por mais que estejamos sempre inovando, estudando e procurando manter nosso serviço com excelência, sempre temos mais a aprender em eventos como esse, até mesmo pelo networking proporcionado. A reunião de palestrantes tão qualificados traz oportunidade de atualização com os melhores do Brasil, em cada área do conhecimento. Por isso, participamos sempre, para continuarmos oferecendo na região do Vale do Juruá, o que há de melhor e mais avanço que que se refere as análises clínicas”, finalizou a biomédica.

Compartilhe:

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram

LEIA MAIS