13 de agosto de 2022   |   00:55  |  

booked.net

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram

Citolab firma parceria com a Diocese da Igreja Católica

O convênio firmado entre o Citolab e a Igreja Católica estabelece desconto de 40% em todos os exames laboratoriais, incluindo também exames de raio-x.

_________________Publicidade_________________

A celebração do mais novo convênio do grupo Citolab aconteceu no Centro de Retiro da Igreja Católica, antigo Seminário Menor, em Cruzeiro do Sul, na presença do Bispo da Diocese, Dom Flávio Giovenale e os principais párocos do Vale do Juruá.

A biomédica e diretora executiva do laboratório, Antônia Ferreira, enfatizou a satisfação da parceria e destacou o compromisso de continuar promovendo diagnósticos seguros, eficientes e rentáveis, em benefício da população.

“O nosso trabalho vai muito além da qualidade e eficiência nos resultados. O nosso grande diferencial no mercado é que conhecemos a nossa população… suas carências e anseios. E, por isso, não mediremos esforços em oferecer sempre o que há de melhor em medicina diagnóstica, dentro da realidade econômica da nossa população”, ressaltou.

O convênio firmado entre o Citolab e a Igreja Católica estabelece desconto de 40% em todos os exames laboratoriais, incluindo também exames de raio-x, através do Lab Imagem. Já para tomografia computadorizada tem-se a garantia de redução de 10% do valor.

Com a parceria devidamente estabelecida, a igreja, a partir de agora, vai formalizar o convênio, juntos os fiéis, através da confecção de um cartão fidelidade. A iniciativa, tem previsão de contemplar milhares pessoas diretamente.

O bispo da Diocese, agradeceu a parceria e elogiou a iniciativa, que contempla além dos 05 municípios do Vale do Juruá, também as cidades de Jordão, Feijó e Tarauacá. Estando ainda incluídas as cidades amazonenses Envira, Eirunepé, Ipixuna e Guajará, municípios distantes da capital do estado, onde as populações são carentes de recursos financeiros e sem tantas possibilidades de ter acesso à saúde preventiva.

Por Assessoria/Citolab

Compartilhe:

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram

LEIA MAIS