Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram

Chapecoense é condenada a pagar R$ 14 milhões à família de jogador morto na tragédia aérea

Valor corresponde a danos morais, materiais e pendências financeiras aos familiares do zagueiro Thiego

_________________Publicidade_________________

A Justiça do Trabalho condenou a Chapecoense a pagar R$ 14 milhões para a família do zagueiro Thiego, vítima da tragédia aérea da Chape, em novembro de 2016. A quantia é referente à indenização por danos morais, materiais e pendências financeiras.

A decisão é favorável à viúva e às duas filhas do jogador que faleceu aos 30 anos no acidente que completa cinco anos no dia 27 de novembro. O Verdão do Oeste tentou recurso para reverter a decisão da primeira instância, proferida em outubro de 2020. Ainda cabe recurso no Tribunal Superior do Trabalho.

Thiego foi uma das 71 vítimas da tragédia aérea da Chapecoense — Foto: Cleberson Silva/Chapecoense

Thiego foi uma das 71 vítimas da tragédia aérea da Chapecoense — Foto: Cleberson Silva/Chapecoense

Além de cobrir parte dos danos da tragédia, a quantia também se refere aos pagamentos que Thiego receberia por direitos de imagem do clube, e de parte do seguro de vida e de acidente pessoal.

Ainda neste mês, um documento apontou que mais empresas seriam responsáveis pelo seguro do voo que caiu na Colômbia. Prestes a completar cinco anos do acidente, a maior parte das famílias ainda segue sem receber indenização.

Por GE

Compartilhe:

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram
Redação Juruá Online

Redação Juruá Online

Notícias Relacionadas