Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram

Caverna fechada por 40 mil anos pode revelar detalhes do estilo de vida dos neandertais

_________________Publicidade_________________

A descoberta de uma câmara interna com pelo menos 40 mil anos em uma caverna de Gibraltar – que anteriormente foi habitada por neandertais – pode levar a descobertas inovadoras sobre seus hábitos e estilo de vida, segundo pesquisadores.

Arqueólogos do Museu Nacional de Gibraltar trabalham desde 2012 para encontrar possíveis câmaras e passagens bloqueadas por sedimentos na Caverna Vanguard, que faz parte do Complexo de Cavernas de Gorham, Patrimônio Mundial da Unesco.

No último mês, os pesquisadores encontraram uma câmara de 13 metros de profundidade na parte de trás da caverna principal, junto com uma série de descobertas, incluindo restos de um lince, de uma hiena e de um abutre, bem como marcas de arranhões nas paredes feitas por algum animal carnívoro.

Clive Finlayson, diretor e cientista-chefe do Museu Nacional de Gibraltar, disse à CNN nesta terça-feira que a descoberta mais impressionante foi talvez um molusco marinho – ou conchas –, que sugere que as partes recém-descobertas da caverna foram habitadas por neandertais.

Via-CNN

Compartilhe:

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram
Redação Juruá Online

Redação Juruá Online

Notícias Relacionadas