Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram

Caso Susana: suspeito voltou a trabalhar em condomínio de luxo como pedreiro após matar mulher, diz polícia

_________________Publicidade_________________

O homem que foi  preso neste domingo suspeito de roubar e matar Susana Dias Batista, de 47 anos, voltou a trabalhar como pedreiro em um condomínio de luxo logo após cometer o crime em Itapetininga (SP), de acordo com a Polícia Civil.

Câmeras de segurança flagraram Raimundo Nonato da Silva Pessoa às 15h36 de quarta-feira (17), próximo ao local onde a picape que a vítima utilizava foi abandonada.

Segundo o delegado Agnaldo Nogueira, o homem entrou no condomínio às 15h50 e a polícia identificou a obra onde ele trabalhava como pedreiro. Raimundo teve a prisão decretada na sexta-feira (19) e foi detido na noite de domingo (21) na Vila Nastri II, na casa de um amigo.

“Tivemos como base todo o sistema de monitoramento dos comércios da cidade, a partir do momento em que a vítima foi abordada e o veículo foi abandonado. Reconstruímos o trajeto e conseguimos testemunhas que identificaram ele como o indivíduo que abordou Susana. Foi aí que o identificamos. Raimundo entrou no condomínio às 15h50, logo após o abandonar o carro, trajando a mesma roupa e boné”, explica o delegado.

Polícia prende suspeito de matar Susana, mulher que foi encontrada morta após ficar um dia desaparecida em Itapetininga — Foto: Facebook/Reprodução

Polícia prende suspeito de matar Susana, mulher que foi encontrada morta após ficar um dia desaparecida em Itapetininga — Foto: Facebook

Susana desapareceu na quarta (17)  após sair para trabalhar com a picape da empresa onde trabalhava, em Itapetininga. Horas depois, o veículo foi achado abandonado na Avenida Wenceslau Braz com uma das rodas danificadas e os bancos empurrados para frente.

Já o corpo de Susana foi encontrado por parentes que faziam buscas às margens da Rodovia Vereador Humberto Pellegrini (SP-268), entre Itapetininga e Alambari (SP), onde a mulher tinha sido vista pela última vez por dois ciclistas, conforme a família.

Via-G1

Compartilhe:

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram
Redação Juruá Online

Redação Juruá Online

Notícias Relacionadas