7 de agosto de 2022   |   14:10  |  

booked.net

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram

Carteira de gratuidade em viagens intermunicipais é divulgada pela Ageac

Idosos com idade a partir dos 65 anos podem solicitar a carteira que permite viagens intermunicipais de maneira gratuita.

_________________Publicidade_________________

Durante os nove dias de Expoacre, a Agência Reguladora dos Serviços Públicos do Estado do Acre (Ageac) informa à sociedade participante da feira quanto às ações e serviços. Além de regulamentar a segurança e documentação de transportes intermunicipais, a Agência fornece uma carteira de gratuidade para idosos e deficientes, assim como descontos para estudantes e professores.

Idosos com idade a partir dos 65 anos podem solicitar a carteira que permite viagens intermunicipais de maneira gratuita. Para deficientes, a carteira fornece também o direito do beneficiário em ter um acompanhante. Professores e alunos têm direito ao desconto de 50% em passagens intermunicipais. Para adquirir a carteira de gratuidade, é necessário que você possua renda de até dois salários mínimos.

Ageac esclarece quem pode ter gratuidade ou meia passagem no transporte intermunicipal

Diversos serviços são prestados pela Agência Reguladora dos Serviços Públicos do Estado (Ageac) no município de Cruzeiro do Sul. Inclusive, gratuidade para pessoas com problemas crônicos, câncer, idosos, autistas, entre outros.

Segundo a representante da Ageac no município, Luciana Silva, o direito da meia passagem está incluso no Estado todo. Para ter gratuidade total na passagem, deve ir 20 dias antes na agência marcar, pois são apenas 2 vagas por dias disponíveis e mais 8 (meia passagem), sendo que as vagas acabam rápido.

Os documentos necessários para fazer a carteirinha são: RG, CPF, comprovante de residência e renda (com até dois salários mínimos) e duas fotos 3×4. O titular deve ter 65 anos completo. Para deficientes, o laudo com a Classificação Internacional de Doenças (CID) para análise de compatibilidade.

Felipe Moreno, chefe do Departamento Técnico da Ageac aponta que a gratuidade é ofertada para a população desde 2014, e diz: “Esse serviço é de suma importância, permitindo um maior acesso aos serviços de transporte público. O Estado trabalha garantindo o direito a viagens de qualidade, fiscalizando para que a sociedade acreana se locomova de maneira segura”.

Com informações SECOM

Compartilhe:

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram

LEIA MAIS