Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram

Carreata com 2.500 veículos em Cruzeiro do Sul marca o encerramento do Novenário de Nossa Senhora da Glória

O Bispo D Flávio abençoou servidores da Maternidade de Cruzeiro do Sul, Hospital do Juruá e de Campanha entre outros. Palavras de fé, fortalecimento e de gratidão a todos os servidores da saúde que atenderam os que precisaram e precisam ainda de restabelecimento da saúde.

_________________Publicidade_________________

Uma demonstração de fé. Foi assim a carreata de 16 quilômetros ocorrida neste domingo, 15 de agosto, no encerramento do novenário em honra à Padroeira de Cruzeiro do Sul Nossa Senhora da Glória.

Este foi o 103º novenário da padroeira, que a exemplo do ano passado, por conta da pandemia da Covid-19 e suas restrições, optou -se pela carreata.

Foi muito intensa a participação dos fiéis. Inclusive houve toda uma movimentação de agentes de trânsito em diversos locais da cidade, organizando a passagem de veículos e pedestres. Uma equipe do Corpo de Bombeiros também apoiou. Segundo levantamento da Polícia Militar, a carreata contou seguramente com cerca de 2.500 veículos.

A carreata trafegou diversos bairros de Cruzeiro do Sul, passando por paróquias e estabelecimentos onde as pessoas com bandeiras azuis e brancas e a imagem da Santa, acenavam aos que passavam.

“Nossa Senhora da Glória Mãe de Deus, Auxílio do Povo”. Com este tema, a Igreja Católica destacou a situação vivida pela sociedade no tocante à pandemia da Covid-19, onde só em Cruzeiro do Sul, 185 pessoas foram a óbito por conta da doença e mais de 10 mil foram infectados segundo dados da Secretaria Municipal de Saúde.

O bispo da Diocese de Cruzeiro do Sul, Dom Flávio Giovenale, também compartilhou o mesmo otimismo do governador. Para o religioso, a fé é mais um elemento para que o coronavírus seja superado de uma vez por todas.

“Com fé em Deus, vamos superar essa pandemia. Essa grande festa nos ajuda a ter ainda mais fé em Jesus Cristo e sua mãe. Relembramos os mortos pela Covid-19 e outras doenças, mas, ao mesmo tempo, queremos renovar a esperança e fazer a nossa parte para que tudo possa voltar ao normal”, afirmou.

O Bispo D Flávio abençoou servidores da Maternidade de Cruzeiro do Sul, Hospital do Juruá e de Campanha entre outros. Palavras de fé, fortalecimento e de gratidão a todos os servidores da saúde que atenderam os que precisaram e precisam ainda de restabelecimento da saúde.

Diversas autoridades se fizeram presentes na carreata, como o prefeito Zequinha Lima, Governador Gladson Cameli, deputados estaduais, entre outros.

Antes do início da carreata, o governador prestou sua homenagem às vítimas da Covid-19, em Cruzeiro do Sul. Um painel com foto de pessoas que, infelizmente, perderam a luta contra o vírus foi montado no interior da catedral. Cameli aproveitou o momento para fazer uma reflexão e, ao mesmo tempo, trouxe palavras de esperança.

“O que eu mais peço neste momento é paz e muita saúde para todas as nossas famílias. Vamos refletir sobre tudo que aconteceu no mundo, principalmente em relação a essa pandemia, que veio e tirou milhares de pessoas que amamos do nosso meio. Com muita fé em Deus, estamos vencendo essa guerra e eu tenho certeza que, no próximo ano, voltaremos com a procissão”, comentou Gladson.

Já o prefeito da cidade destacou em sua fala o sentimento de gratidão pelas pessoas que conseguiram superar o vírus. “Temos muito que agradecer a Nossa Senhora da Glória por ter nos protegido nesse último ano, no meio de uma pandemia tão severa, que levou muitas vidas. Também precisamos renovar nossa fé e esperança para que a vida possa voltar ao normal”, declarou Zequinha Lima.

Uma missa com início às 19:30 hs marcou o encerramento da festa religiosa.

Fotos e trechos de entrevistas: Agência de notícias do Acre

Redação Juruá Online

Compartilhe:

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram
Redação Juruá Online

Redação Juruá Online

Notícias Relacionadas