Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram

Cameli recebe carta do setor empresarial com propostas de enfrentamento ao coronavírus

Em reunião com empresários de diversos seguimentos da economia local na Federação das Indústrias do Estado do Acre (Fieac), nesta sexta-feira, 26, o governador Gladson Cameli recebeu uma carta solicitando o envolvimento do setor produtivo no combate a pandemia do novo coronavírus. No documento, foram dadas sugestões que a classe classifica como eficazes na diminuição do contágio da doença.

Governador recebeu sugestões de empresários acreanos para o combate ao coronavírus, nesta sexta-feira, 26 Foto: Marcos Vicentti/Secom

Uma das propostas apresentadas é a inclusão de representantes do setor empresarial no Comitê de Acompanhamento Especial da Covid-19 para dar suporte na elaboração de atos normativos relacionados ao funcionamento dos estabelecimentos comercias.

Outro ponto levantado é a adoção de medidas alternativas para evitar o chamado lockdown, que são as medidas mais restritivas impostas pelas autoridades no enfrentamento à pandemia.

Carta com propostas para diminuição da propagação da Covid-19 foi entregue pelos empresários ao governador Foto: Marcos Vicentti/Secom

A implementação de um plano de segurança sanitária para todas as empresas; assim como maior fiscalização dos órgãos competentes, sobretudo nos locais de maior aglomeração de pessoas, estão entre os apontamentos feitos no documento, que também inclui a necessidade de campanhas publicitárias alertando a população do atual cenário da pandemia e seus graves impactos na rede pública hospitalar e criação de um auxílio emergencial estadual.

“Nesse momento, temos que estar unidos porque o nosso inimigo é um só. O setor produtivo está muito preocupado e a nossa defesa é pela segurança da vida. Queremos poder trabalhar, evitar constrangimentos e apresentar alternativas que podem ser muito bem discutidas. O governo do Estado entendeu o nosso apelo e estamos agradecidos por isso”, explicou o presidente da Fieac, José Adriano Ribeiro.

José Adriano Ribeiro, presidente da Fieac, disse que setores privado e público devem estar unidos no enfrentamento consciente da pandemia Foto: Marcos Vicentti/Secom

A carta é assinada por representantes dos setores de supermercados; construção civil; bares e restaurantes; atacadistas; cerâmicas; panificação; alimentos; agricultura e pecuária; transporte de cargas; extração mineral; pavimentação e terraplanagem; madeireiro; entre outros.

“Tivemos a oportunidade de conversar diretamente com o governador, onde apresentamos a nossa carta de compromisso do setor empresarial com a população, principalmente. Sabemos dos impactos provocados por essa doença, mas também entendemos que as empresas não podem parar, já que elas são grandes geradoras de emprego e renda”, afirmou Rubenir Guerra, presidente da Federação das Associações Comerciais e Empresariais do Acre (Federacre).

Governador compreende apelo dos empresários e reafirmou compromisso com a vida

Sempre aberto ao debate, o governador foi, mais uma vez, solidário com o difícil momento atravessado pela setor privado. Gladson mostrou sua compreensão com o pedido dos empresários e reiterou sua determinação em prol do desenvolvimento socioeconômico do Acre.

“Sei o quanto os nossos empresários estão lutando para se manter de portas abertas nesta pandemia. Um estado rico e próspero depende de um setor privado forte. A minha principal torcida é que possamos sair dessa situação de uma vez por todas para que as empresas voltem a funcionar em sua normalidade, gerando emprego e ajudando o Acre a crescer”, enfatizou.

Governador Gladson Cameli afirmou compreender o pedido do representantes da iniciativa privada e reiterou que salvar vidas será principal prioridade de sua gestão Foto: Marcos Vicentti/Secom

Na oportunidade, o gestor pontuou sobre os investimentos realizados em sua administração no combate à Covid-19. Cameli falou da construção de hospitais de campanha, abertura de 86 novos leitos de unidade de terapia intensiva (UTI), contratação de mais profissionais para a rede pública hospitalar e aquisição de medicamentos, insumos e equipamentos.

A recente compra de 700 mil doses da vacina Sputnik V também foi abordada por Gladson. Previsto para chegar ao estado em abril, o imunizante será fundamental para vacinar cerca de 350 mil acreanos. Cameli classificou a medida como a mais promissora na luta pela vida e fundamental para o possível restabelecimento da normalidade.

“Esperamos virar a página com a chegada dessas vacinas. O próprio Estado estará a frente conduzindo essa vacinação em massa para o que o nosso povo seja imunizado e, assim, podermos salvar vidas. Confesso que aguardo muito por este momento e tenho muita fé em Deus que já deu certo”, declarou.

Governo é reconhecido por atender demandas do setor empresarial

No fim do encontro, os empresários reconheceram o empenho do governo de Gladson Cameli pelo fortalecimento da setor produtivo acreano. Destaque para o aumento do sublimite do Simples estadual; ampliação do programa de compras governamentais; aprovação de um novo incentivo fiscal de 85% em relação ao Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS); reforma, modernização e regularização da documentação dos terrenos do Parque Industrial de Rio Branco; e destinação de ativos industriais públicos em parceria com a iniciativa privada.

O pacote de obras que será executado pelo Estado também foi mencionado. Nos próximos meses, o governo dará início a diversos empreendimentos públicos em todas as regiões do Acre. A iniciativa de melhoria na área da infraestrutura impactará, positivamente, no aquecimento da economia e criação de milhares de postos de trabalho.

A reunião contou ainda com a participação do secretário de Indústria, Comércio e Tecnologia, Anderson Lima; do secretário da Fazenda, Rômulo Grandidier; do secretário de Planejamento e Gestão, Ricardo Brandão; do secretário de Saúde, Alysson Bestene; do procurador-geral do Estado, João Paulo Setti; e de empresários.

Foto: Marcos Vicentti/Secom
Foto: Marcos Vicentti/Secom
Foto: Marcos Vicentti/Secom
Foto: Marcos Vicentti/Secom
Foto: Marcos Vicentti/Secom
Foto: Marcos Vicentti/Secom
Foto: Marcos Vicentti/Secom
Foto: Marcos Vicentti/Secom
Foto: Marcos Vicentti/Secom

Via: Agência de Notícias do Acre

Compartilhe:

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram
Redação Juruá Online

Redação Juruá Online

Notícias Relacionadas