Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram

Câmara não paga a conta e Energisa corta a luz de gabinetes de vereadores

A energia elétrica dos gabinetes dos vereadores Raimundo Neném (PSB) e Emerson Jarude (MDB) foi cortada por falta de pagamento. Há quatro meses, a Câmara Municipal de Rio Branco não paga a conta de luz desses dois gabinetes, confirmaram ao Notícias da Hora os parlamentares.

Na tarde desta quarta-feira (24), o vereador Emerson Jarude e seus assessores estavam no escritório de trabalho, alugado pelo Legislativo para atividades do mandato, no bairro Isaura Parente, quando foram surpreendidos pela visita de trabalhadores da Energisa, que foram até o local efetuar o corte da energia elétrica.

São quatro pendências. A primeira é referente ao mês de dezembro, no valor de R$ 958, 82; a segunda é de janeiro, R$ 147.43; fevereiro (R$ 417.37); e a conta de março no valor de R$ 674.59 com vencimento para 26 de abril.

“Já é a terceira vez que a Câmara não paga. Tenho certeza que não é por falta de dinheiro. A Câmara tem 30 milhões de reais por ano. Eu e meus assessores somos funcionários públicos e prestamos um serviço para a população. Esse tipo de situação atrapalha o andamento dos trabalhos”, afirmou o vereador Emerson Jarude.

Raimundo Neném afirmou que a conta de luz mensal de seu gabinete no bairro Comara, no 2º Distrito de Rio Branco, é no valor médio de R$ 170, R$160. O parlamentar afirma que a dona do imóvel teve seu nome incluído no SPC por causa da falta de pagamento.

“A mulher dona do prédio já me ligou cobrando o pagamento reclamando dizendo que já tinham até colocado o nome da mãe dela no SPC. Difícil isso. Já está com quatro meses assim. Conta de R$ 160, R$ 170”, disse.

Procurado, o presidente da Câmara de Rio Branco, N. Lima (PP), disse que não existe dívida na Casa sob sua administração. Mesmo informado pela reportagem do Notícias da Hora que não houve pagamentos entre janeiro e março deste ano, o parlamentar argumentou que o débito é da gestão passada, não da atual.

“São pendências da gestão passada que não pagaram. Nós estamos quitando todas as dívidas.”, disse N. Lima reforçando total transparência nos gastos da Casa e se colocando à disposição para esclarecimentos.

Notícias da Hora

Compartilhe:

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram
Redação Juruá Online

Redação Juruá Online

Notícias Relacionadas