Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram

Café clonal: Mâncio Lima é contemplado com emenda de R$ 2,5 milhões para compra de insumos

_________________Publicidade_________________

O anúncio do envio da emenda parlamentar da Deputada Jéssica Sales, no valor de R$ 2,5 milhões, não podia ter sido em outro lugar. Foi em meio a uma plantação de centenas de pés de café que a parlamentar deu a boa notícia ao prefeito de Mâncio Lima do envio de recursos para uma cultura agrícola que, mesmo parecendo nova para alguns, já foi o carro chefe da economia da cidade que se desponta como referencia no cultivo do café clonal.

“Eu nunca duvidei do potencial econômico que o café tem, lá atrás, meu pai, vizinhos e amigos do dele, já plantavam esta cultura agrícola e já tinha uma excelente lucratividade. Infelizmente, com o passar do tempo, o café ficou adormecido dando espaço a outros plantios. Junto com o Deputado Jonas Lima e com o ex-deputado Sibá Machado resolvemos resgatar o café clonal em nossa cidade e, hoje estamos ganhando mais uma adepta e talvez uma das mais empolgadas para melhorar a vida do homem do campo, a Deputada Federal Jéssica Sales. Essa emenda que ela está garantindo vem de encontro a todas as necessidades de quem resolveu diversificar a sua produção, vamos adquirir com este recurso insumos para recuperar o solo, implementos para auxiliar desde a plantação até a venda do produto”, falou Isaac Lima, Prefeito de Mâncio Lima.

Foi na década de 50, perdurando até meados da década de 80, que o café teve seu apogeu na região do Juruá. Em Mâncio Lima a produção era familiar e plantada nos fundos dos quintais ou em pequenas propriedades. Com excelente preço e mercado garantido, muitas das famílias tiravam sua renda do cultivo desta bebida apreciada por todos.

Mas, em 2017, o prefeito Isaac Lima resolveu resgatar e diversificar a produção rural do Município, reimplantando o cultivo do café. Em uma visita de campo, na última quinta-feira (30), guiada pelo Prefeito Isaac Lima, as Deputadas Jéssica Sales, Federal e Antônia Sales, estadual, Deputado Jonas Lima, os Secretários Danilo Chagas, Kennedy Guimarães e alguns produtores rurais, viram a dimensão que a cultura do café está ganhando em Mâncio Lima.

“Ninguém começa sem ter um incentivo, dos grandes sonhos saem as grandes realizações. Em Mâncio Lima eu me inspiro no modelo de produção e na garra das pessoas, pessoas trabalhadoras e acima de tudo povo bravo e destemido. Aprendi a fazer a política da boa vizinha e de bons resultados. Esta agenda de campo com o Prefeito Isaac Lima, encontrando grandes amigos, como Dim, Romualdo, Bruno, Marquinhos, Neto, da minha mãe, a Deputada Estadual Antônia Sales, seu Zé e até o Deputado Estadual Jonas Lima, que também se dedica à produção agrícola, e pra mim a melhor agenda que já fiz. Mâncio Lima é um dos mais fortes municípios do Acre na área de produção familiar. Sou fiel apoiadora da agricultura, porque acredito que os pequenos podem se tornar grandes produtores rurais e colaborar para o fortalecimento da economia do nosso Estado, sendo capaz de tornar nossa região autossustentável. É muito gratificante saber que estou contribuindo, através de meu mandato, com a produção familiar”, disse Jéssica Sales, Deputada Federal (MDB).

Edno Guedes é um dos maiores entusiasta do cultivo do café, sua propriedade foi a primeira visitada. Em sua área de 41 hectares, localizada no ramal do Batoque ele cultiva coco, tangerina, laranja, peixe, abacate, açaí e o amendoim. Os mais de 82 mil pés de café vieram pra diversificar a economia do produtor rural.

“É um prazer e uma satisfação muito grande receber duas deputadas, a Jéssica Sales, sua mãe Antônia Sales e o nosso prefeito Isaac. Eu comecei aqui plantando a roça, era pouca, mais dava pra sustentar a família, aos poucos foi evoluindo e, hoje tenho coco, tangerina, laranja, peixe, abacate, açaí e o amendoim. O café foi o grande mentor para melhorar a renda da minha família, hoje, eu lucro uma média de R$ 10 mil e, vou aumentar ainda mais porque não tenho dúvida que o café é um dos melhores produtos agrícolas no mercado”, destacou Edno Guedes, produtor rural.

A Deputada Estadual Antônia Sales não escondeu a alegria e admiração em cada visita aos produtores. A comitiva pode acompanhar áreas que cultivam desde a cana-de-açúcar, a criação de pequenos animais, coco, café, no Bairro Guarani uma indústria de fabricação de ração e um das maiores plantações de mamão e maracujá do Município.

“A vivência de quem da terra tira o sustento é sempre enriquecedora. É este sentimento que levo de Mâncio Lima após essa extensa agenda de campo. Conhecendo de perto os desafios da produção rural, conseguimos apoiar melhor os produtores, direcionando recursos e viabilizando condições dignas para plantar e colher. A agricultura é a base da verdadeira economia local. Gratidão a todos pela gentil acolhida, especialmente meu grande amigo e colega de parlamento, Deputado Estadual Jonas Lima, que tem uma grande área de plantação de café e, ao prefeito Isaac Lima, um gestor visionário que tem no DNA o amor e a dedicação para com o homem do campo”, enfatizou Antônia Sales, Deputada Estadual (MDB).

O sítio do Deputado Estadual Jonas Lima (PT), também fez parte da agenda de campo. O parlamentar, que vem de uma família de agricultores viu no cultivo do café a oportunidade de contribuir com a economia do município, gerar emprego para muitas famílias e uma aposentadoria para quando deixar a vida pública.

“São políticas como esta, voltada para o homem do campo, que tenho defendido junto à Assembleia Legislativa. É gratificante receber a visita da Deputada Federal Jéssica Sales e de sua mãe, minha colega de bancada, Antônia Sales que fazem uma visita para trazer boas notícias para o homem do campo, o anúncio de R$ 2,6 milhões de emendas só para o cultivo do café. É raro de se ver em um cenário onde a maioria dos políticos preferem investir em obras que sejam visíveis. A saída para fortalecer a economia e melhorar a qualidade de vida das pessoas é investir no homem do campo”, finalizou Jonas Lima, Deputado Estadual (PT).

Na Chácara Vó Raimundo, do Engenheiro Agrônomo Romoaldo Silva. Localizada no Ramal do Feijão Insosso, comunidade do Gerinos. A propriedade de pouco mais de 6,3 hectares, é gerenciada por Romoaldo e seu filho, Bruno Oliveira também engenheiro agrônomo. Ali já foram produzidas mais de 200 mil mudas de café clonal comercializadas em Mâncio Lima e em outros mercados do Estado do Acre. Além da produção de mudas, a chácara produz o grão e o café industrializado pronto para o consumo.

“Esse projeto foi dado início no primeiro ano da gestão do prefeito Isaac, e hoje já estamos vendo os frutos deste sonho de resgatar uma cultura agrícola que já foi líder da economia de Mâncio Lima. Como empresário e produtor de mudas de café, fico extremamente grato em receber visitas tão ilustres como as de hoje para conhecer aquilo que está dando certo”, salientou Francisco Romoaldo, Engenheiro Agrônomo e viveirista.

O município de Mâncio Lima tem uma média de 50 produtores de café clonal que totaliza pouco mais de 116 mil pés já plantados. A meta da atual gestão é chegar 2024 com 1 milhão de pés de café plantados, com apoio com técnico, regularização fundiária de terras rurais com expedição de títulos definitivos e aquisição de insumos e implementos agrícolas. Uma saca de café custa hoje R$ 651,99, os preços variam conforme a cotação diária do dólar.

Assessoria de Comunicação Social

Jenildo Cavalcante

Beatriz Monte

Imagens: Evandro Ibernon

Compartilhe:

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram
Redação Juruá Online

Redação Juruá Online

Notícias Relacionadas