Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram

Cachorros de Joe Biden deixam a Casa Branca após segurança ser mordido

_________________Publicidade_________________

Os dois pastores alemães pertencentes ao presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, e à primeira-dama, Jill Biden, foram devolvidos à casa da família Biden em Delaware na semana passada após comportamento agressivo na Casa Branca envolvendo o cão Major, disseram duas fontes à CNN.

Major, que foi adotado de um abrigo de animais por Biden em novembro de 2018 em Delaware, teve o que uma das pessoas descreveu como um “incidente de mordida” com um membro da segurança da Casa Branca. A condição exata da vítima é desconhecida, no entanto, o episódio foi sério o suficiente para que os cães fossem posteriormente transferidos para a cidade de Wilmington, em Delaware, onde permanecem. Major, que tem 3 anos, é o mais jovem dos dois cães de Biden e é conhecido por ter exibido um comportamento agitado em várias ocasiões, incluindo pular, latir e “atacar” a equipe e segurança, de acordo com as pessoas com quem a CNN falou sobre na Casa Branca. O mais velho dos pastores alemães de Biden, Champ, tem aproximadamente 13 anos e desacelerou fisicamente devido à sua idade avançada.

Champ e Major mudaram-se para a Casa Branca em janeiro, menos de uma semana após a posse de Biden.

“Tenho ficado obcecada em deixar nossos cães acomodados porque temos um cachorro velho e um muito jovem”, disse Jill Biden a Kelly Clarkson no mês passado durante uma aparição no “The Kelly Clarkson Show”. “Eles têm que pegar o elevador, não estão acostumados com isso, e têm que sair no gramado do sul com muita gente olhando para eles. É por isso que estou obcecada, deixar todos acomodados e calmos.”

Biden também disse que o único lugar onde os cães não são permitidos é na mobília, embora ela tenha admitido ter pegado Major no sofá. “Eles atropelam”, disse Biden.

Uma pessoa envolvida com a programação dos cães confirmou à CNN que eles estão em Delaware, mas ressaltou que eles ficam lá com vigias quando a primeira-dama está fora da cidade. Biden partiu na tarde de segunda-feira para uma viagem de dois dias a Washington e à Califórnia para visitar bases militares.

Compartilhe:

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram
Redação Juruá Online

Redação Juruá Online

Notícias Relacionadas